Diante do baixo acesso da população brasileira à internet, o comércio eletrônico ainda é muito pouco procurado pelos brasileiros. Apenas 6,38% da população já comprou algum produto ou serviço na internet nos últimos 12 meses, o que representa 20% das pessoas que utilizaram a internet no período.

da Agência Estado

São Paulo – Uma pesquisa do Comitê Gestor da Internet no Brasil – em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com o Instituto Ipsos-Opinion, e com o Ibope//NetRatings – revela que 68% da população brasileira nunca utilizou a internet, e apenas 9,6% da população brasileira usa a rede diariamente. Atividade escolar é o principal objetivo de quem usa a internet – 41% da população brasileira. Outro dado destacado na pesquisa é que 55% da população brasileira nunca utilizou um computador.

Já o panorama do uso das Tecnologias de Informação e Comunicação em empresas brasileiras representadas na pesquisa é muito positivo. As taxas de uso do computador e da internet são altos, mostrando a ampla informatização do setor privado.

Dados mostram que 98,76% das empresas usaram computadores nos últimos 12 meses e 39% das empresas que usaram computadores possuem intranet (rede interna da empresa). Destaca-se também que 16,54% das empresas tem funcionários acessando o sistema de computadores da companhia à distância e 44,52% das empresas tiveram alto grau, ou substituição quase total, do correio tradicional por e-mail.

Comércio eletrônico

Diante do baixo acesso da população brasileira à internet, o comércio eletrônico ainda é muito pouco procurado pelos brasileiros. Apenas 6,38% da população já comprou algum produto ou serviço na internet nos últimos 12 meses, o que representa 20% das pessoas que utilizaram a internet no período. Filmes e música estão no topo do ranking dos produtos mais adquiridos. A participação destes produtos foi de 17,9% entre as pessoas que fizeram alguma compra pela rede.

A grande maioria, 80% das pessoas que usam internet, nunca efetuou compras pela rede. O risco do comércio eletrônico foi apontado como o principal motivo para 36,02% dos internautas. O desejo de avaliar pessoalmente o produto foi destacada por 27,04% das pessoas que não usam o comércio eletrônico, e a preocupação em usar seu cartão de crédito na internet ficou em terceiro lugar, com 13,58%.

Resultados

Os dados da pesquisa reforçam que o acesso e uso do computador e da internet no País depende do nível socioeconômico do indivíduo, sua renda familiar, e a região onde vive.

O nível de posse e uso do computador e da internet nos diversos segmentos sociais se concentra nos indivíduos de famílias mais ricas e, em paralelo, nos indivíduos que moram em regiões mais ricas. Além disto, pessoas mais jovens usam mais o computador e a internet que pessoas mais velhas. Acesse aqui a pesquisa e veja os resultados completos que levaram em conta idade e renda das pessoas.

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *