de minha infância, quando saia com minha avó para ir receber a pensão, desta cidade mágica em que vivo, de sua inocência, de sua acabada pureza…
Íamos até a Praça Clóvis Bevilacqua, que hoje já não mais existe, espaço vencido pelo futuro. Foi lá que pela primeira vez andei de bonde.
Calma!!! Não sou tão velha assim… Eram as últimas unidades, nos idos dos anos sessenta, que ainda circulavam pelo centro da cidade.
E é desta cidade que tenho saudades. Muito mais humana, que possuía tempo para seus cidadãos, que não atropelava o indivíduo como faz hoje… E esta é apenas uma das coisas de que me lembro muito bem…

Autor: Denise Ap. V. Botossi, do Posto AcessaSP na Cidade Patriarca, São Paulo – SP

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *