do meu primeiro emprego: era de chacareiro, cuidava de galinhas, recolhia seus ovos, plantava hortaliças… Como o contato com o dono era direto, eu aprendi a valorizar o pouco para merecer muito. Daí comecei meu primeiro contato na direção, era uma F100-1932 com câmbio no volante.

Autor: Dirceu da Silva Pires, de seu trabalho no Jd. S. Domingos, Guarulhos – SP.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *