que, no último ano do colegial, a minha sala era a mais indisciplinada da escola. Professores, diretora, já tínham nos chamado a atenção, até fomos proibidos de participar de eventos organizados na escola.

Em uma aula de História, em que havia uma professora substituta, o pessoal da sala estava impossível, e eu, irritada com a situação porque queria estudar, resolvi eu mesma dar um jeito na situação, pedindo aos berros pra galera pôr a mão na CONSCIÊNCIA.

Mas acho que o meu nervoso era tanto que na hora de soltar a frase eu acabei berrando: “GENTE PÕE A MÃO NA CABEÇA” e fiquei diante de toda a sala olhando pra mim assustados com a MÃO NA CABEÇA. Imagine só a gozação que eu tive que aguentar depois desse deslize, nem a professora aguentou a cena, realmente hilária.

Autor: Erika Silva dos Santos do Posto AcessaSP do bairro de Cangaíba, São Paulo – SP

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *