de quando era bem pequena e acompanhava minha mãe no centro de São Paulo. Não tinha semáforo e os guardas de trânsito ficavam apitando para os pedestres atravessarem a rua; também tinha vezes em que estes desafiavam atravessar na frente dos automóveis.
Eu morria de medo e apertava a mão de minha mãe.

Autor: Maria Aparecida de Lima, do Jd. São Bernardo, São Paulo – SP

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *