(17/03/06) A organização Human Rights in China denunciou o governo chinês por prender um professor que publicou na internet documento defendendo a democratização de seu país.

Ren Zhiyuan, professor do ensino médio, foi condenado a dez anos de detenção sob acusação de “subversão contra o poder do Estado”, diz a Human Rights.

Zhiyuan usou a web para divulgar um manifesto onde defende a legitimidade de ações violentas para derrubar ditaduras cruéis. O documento pregava a construção de uma democracia nos moldes ocidentais na China.

O governo local nega que a China faça restrições à liberdade de imprensa na internet. Para as autoridades do país, a liberdade de expressão na China obedece aos mesmos padrões considerados corretos nas democracias ocidentais onde, de acordo com a China, também se faz restrições à publicação de informações que coloquem em risco a segurança nacional.

O debate em torno da liberdade de expressão na web chinesa tem se tornado um fator que dificulta a realização de negócios entre a China e empresas globais como Yahoo! e Google. Ambos buscadores concordaram em não publicar em seus resultados de buscas links para conteúdos considerados subversivos pelo governo local.

Felipe Zmoginski, do Plantão Info Online

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *