do dia em que fui fazer uma apresentação num SPA e levei, no bolso, um chiclets Valda. Quando fui iniciar minha apresentação no palco, apagaram-se as luzes e foi lançado um spot de luz me iluminando. Olhei para a platéia onde cada gordinho estava sentado em um sofá e tentei iniciar com a música WAVE do Tom Jobim. Não foi possível. Comecei a tossir sem parar de tanto nervoso. Não conseguia parar de tossir. Pedi desculpas e disse:

- Terei de mascar um chiclets Valda para ver se melhora.

Tirei do bolso aquele delicioso e apetitoso chiclets, sem nenhuma noção do que estava acontecendo lá embaixo. Tudo escuro e a luz sobre mim. Deixei aquele suco delicioso penetrar na minha garganta e tudo melhorou. Guardei a metade no bolsinho da calça. Foi um aplauso total ao iniciar e me empolguei.

Após uma hora de apresentação, parei e resolvi permitir uma canja de alguém que pudesse tocar e cantar. Logo vi um gordão que me disse que era da banda “The Vikings” em São Paulo. Desci até a copa para tomar uma água e logo fui abordado por um dos internos que me disse.

- Quanto você quer por aquela metade? Pago bem! Eu disse!

- Nada, pode pegar.

Então apareceu uma das nutricionistas e me chamou para sua sala. Fez o pagamento do cachê e me deu uma grande dura!

Nunca mais toquei naquele SPA.

Porque será?

Autor: Reinaldo Camargo, 50 anos, do Posto AcessaSP de Vila Melges, Sorocaba – SP

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *