que o posto da Prefeitura Municipal de são Paulo era na Av. Dr. Arnaldo com a Rua Amalia de Noronha, e que os carros coletores de lixo eram puxados a burro e eu pegava uma carona nos pneus que ficavam pendurados na carroça.

Depois vieram os caminhões com carroceria fechada e com vários portas de entrada de lixo, depois vieram os primeiros caminhoes modernos que empurravam o lixo para dentro da carroceria, espremendo-os lá dentro. Algumas pessoas diziam que aquilo era um perigo.

Autor: Edgard Araujo Junior, 52 anos, de sua casa, no Jardim Bonfiglioli, São Paulo – SP.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *