dos amigos que fizeram e fazem parte da minha historia. Lembro quando nos encontravamos na pracinha e bebiamos para esquecer da nossa vida monotona; o tempo passou, os meninos que se achavam homens cresceram e descobriram que na verdade nunca foram homens completos.

Hoje quase não nos vemos e se nos vemos somos completos estranhos uns para os outros, mas o que importa e que aquela epoca nunca vai desaparecer da minha mente e coracao, espero que meu filho que vai nascer um dia tenha amigos como eu tive e tenha tambem o que se lembrar.

Autor: Thiago Jose Vieira da Costa, 21 anos, de sua casa, no estado de São Paulo.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *