(29/05/06) Professora Lea Cruz Fagundes será premiada por usar a web para estimular alunos com problemas de aprendizado.

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e Cultura (Unesco, pela sigla em inglês) faz 60 anos em 2006 e para isso premiará personalidades em todos os países membros que desenvolveram projetos nas áreas de atuação da organização. No Brasil cinco pessoas foram escolhidas, entre elas, a professora Lea Cruz Fagundes, especialista em educação e incentivo à pesquisa.

Fagundes foi premiada por desenvolver um novo método de aprendizagem baseado na inclusão digital. Segundo Fagundes, sua pesquisa se estruturou na busca de soluções para os problemas de aprendizagem de crianças que estudam em escolas públicas.

Ela afirma que as crianças das escolas públicas têm dificuldade em aprender devido aos problemas sociais a que são submetidas, e que isso pode comprometer a inteligência e o raciocínio dos estudantes.

No entanto, a professora diz que apesar disso, elas têm um grande potencial. “A escola precisa aprender a tratar disso porque a diferença está no sofrimento social”, afirma Fagundes.

O estudo feito pela professora foi pesquisar se o computador e a internet poderiam ser meios eficientes de ajuda aos alunos na obtenção de um bom desempenho na escola.

Fagundes descobriu que com o uso dessas tecnologias o desenvolvimento das crianças é muito favorecido. “Essas crianças apresentaram um talento que nem a gente imaginava. Além disso, acabou o fracasso. As crianças conseguem inclusive superar as suas dificuldades”, explica.

O prêmio será entregue em 7 de junho em cerimônia no Teatro Nacional Cláudio Santoro, em Brasília.

Do
IDG Now

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *