Pequanpedo peeu peepera pecripeanpeça peeu peapetorpemenpetapeva pemeus peirpemãos pemepenoperes pecom pea pelinpegua pedo pepê.
Nesta onda de remember’s em que navego ao tom da nostalgia, lendo a já proclamada,revista P Língua portuguesa” encontrei uma matéria sobre um barbeiro que criou uma história com 20.000 palavras iniciadas com uma única letra o “P”. Foi dai que eu lembrei da brincadeira.
Abençoado Sr.Dovílio Rodrigues que ama , estuda e brinca com nossa língua. Comparo-o a Camões, Caetano e tantos outros letrados.
Buscou inspiração nas conversas da barbearia onde trabalhava ouvindo as prosas dos fregueses. Outra paixão, as palavras cruzadas também contribui para seu imenso repertório.
Auto didata, só concluiu os estudos médios com mais de 26 anos.No entanto para prestar atenção na vida não lhe faltou talento.
Talento que está representado no livro Pentapaixão, segue aqui uma palhinha :
” Paulo Pirilo pagou pedágio. Profissional, pilotava primando pela prudência, pela perícia.
Plininho, percebendo pista plana, pediu p’ro papai para pilotar. Pai pensou, pensou….” Poucas pessoas pilotando pela pista….” pelo primeiro pedido, permitiu.
Plininho pilotava pelos pastos, pelas planícies. Porém, pouco praticava pilotagem por pista pavimentada, própria para preparar pilotos profissionais. Paulo parou, Plininho pulou, permutaram posições. Percy Penteado permaneceu pela parte posterior…”
Por princípio paro por aqui ( ôpa me faltou um verbete).

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *