de uma viagem de trem, retornando de São paulo: na estação da Luz, perdi o trem das 12:49 (eles eram pontuais), então fiquei a esperar o trem das 15:17…

Como era inverno, encostei-me num cantinho do pilar e pus-me a tricotar, quando chegou-se a mim uma “senhora”, e de forma autoritária disse: Sai fora franguinha, este ponto tem dona.

Foi então que percebi estar onde não devia, fiquei o tempo todo seguindo as policiais femininas que faziam caminhadas dentro da estação da Luz. Este fato ocorreu há tempos, quando ainda havia inocencia no ar.

Autora: Valdelei Aparecida Sillmann, 49 anos, do Posto do AcessaSP de Jd. Glória, cidade de Limeira – SP.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *