Olá pessoal, chegando atrasado novamente…

Desta vez não foi culpa da conexão ? esqueci minha senha de acesso ao blog – deu pane no meu ?Ágadê” e minha memória ?Rã? anda um pouco falha….

Tomei emprestado o título deste novo post:
Refere-se a terceira música, do CD 1, do 3º disco da Nação Zumbi – http://www.nacaozumbi.com/discografia_03.htm

Um disco que surpreendeu pelo contexto ? a precoce morte de Chico Science, sem dúvida, uma das pessoas mais antenadas que já tivemos o prazer da existência. Pelos bits e bytes há muito lirismo, computador não é fim. É começo, meio e fim. E recomeço.

No tal ?mundo digital? você é à maneira como se posiciona no mundo: não venha me dizer que é um bicho de sete cabeças, de oito, de nove, pois somos nós que damos cabeças aos dragões. Ter dificuldades para digitar ?rapidamente? não é privilégio de poucos, bem como curso de digitação ou de computação não salvará sua vida. Posicionamento. Já parou para pensar sobre? Qual é o posicionamento que você escolheu para sua vida? Eu tenho dúvidas sobre o meu, mas acredito que esteja no caminho certo para encontrar algumas respostas.

Nos últimos dias tenho ?zapeado? por diferentes sites (ou sítios) e há muita, mas muita informação ? depende do que você quer digerir, do que você quer se informar. E se você quer alguma coisa também, por quê não?. Mas atente-se ao seu posicionamento pois, ao escolhê-lo, poderá ser cobrado disso.
Lembro de quando comecei a navegar na Internet ? sinceramente, apesar da tecnologia ter evoluído muito nos últimos 5 anos, EU não mudei tanto assim meu comportamento na Internet. Por que? Porque eu não quis. Ponto. E me responsabilizo por.

Timidamente voltei a escrever nos últimos tempos ? e-mail, blog, flog, lista de discussão etc sempre existiram. Quem disse que aquele seu diário de papel, ou a agenda da escola não é um flog, um blog? E as cartas colocadas no correio, não são e-mails? O ?tal mundo digital? está muito mais próximo e amigável do que muitos imaginam. Dificuldades todos temos, carências etc em níveis e percepções diferentes.

Nestes 5 anos de Acessa São Paulo – faço ?aniversário no Programa? dia 11 de setembro ? muito já se falou, discutiu etc sobre ?os usuários só querem saber de jogar?; ?os usuários só querem saber de bate papo?; ?os usuários só querem saber de Orkut? ? caramba, ninguém enxerga evolução nisso?

Antes me angustiava com questões como essa, hoje, vejo que são caminhos naturais que passamos, seja no ?mundo real? ou virtual. As pessoas fazem aquilo que querem, que desejam, que precisam. Quem sou eu para dizer não ao Orkut, ao bate papo? Há muitas coisas boas nisso, assim como coisas ruins. Devemos ficar atentos sim, de acordo com o ESPAÇO e PÚBLICO atingidos, porém, não podemos impor nossos pontos de vista às pessoas.

Tenho visto o quão cresceu o Programa nos últimos tempos… e quanta riqueza têm nos trazido e despertado ? questionamentos são essenciais para a evolução ? ou você acha que somente a descoberta do fogo foi suficiente para chegarmos até aqui?

Não serão todos os Postos que farão projetos, não serão todos os usuários que despertarão para idéias bacanas como àqueles que têm trabalhado nas listas de discussões. O que podemos fazer é apoiar aqueles que estão a fim, e aqueles que não sabem como e o que fazer, oferecer nossa colaboração.

Passemos a olhar o ?virtual? e, principalmente, as pessoas que se utilizam desse espaço, com olhares mais abertos e menos tendenciosos. A Internet é um espaço ainda muito ?novo? para já podá-la com “velhas” idéias?. Você pode se posicionar da maneira como quiser, sabedor da responsabilidade que terá sobre.

Me despeço deste post com o lirismo da Nação Zumbi:

Protótipo sambadélico de mensagem digital

Vou procurar um provedor
Procurar um provedor
Celestial

E fazer um reparo no meu monitor
Quero passar um e-mail de amor
Quero passar um e-mail de amor
Um e-mail de amor

Que as teclas não façam barulho
Que minhas pernas não saibam que posso sair daqui
Até passar meu e-mail de amor

Acredite
Nesse meu quadro luminoso de amor
Vou procurar esse provedor

(Jorge Dú Peixe – CSNZ/1998)

Fonte: http://www.opio.com.br/arquivo_200305_01.asp

Abraços e boas energias a todos!

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *