de tantas coisas em minha vida: da minha infância, de minha adolescência, de quando me tornei mulher, esposa, mãe…

Ser mãe é tudo de mais maravilhoso no mundo. É uma sensação única, o meu filho é meu bem maior, razão de tudo em minha vida, jóia rara impossível de ser lapidada porque é perfeita! Nada no mundo é mais belo que seu sorriso, seu corpinho franzino, seus olhinhos verdes, seu cabelo claro, sua pele branca com algumas sardas…

Só eu sei o quanto sou grata pela bondade de Deus, o Guilherme só veio acrescentar ainda mais minhas forças, minha coragem pra lutar e não desistir nunca! Dou tudo por ele, não existe maior amor por ele do que o meu!

No comecinho de julho deste ano, fui a um centro cardecista ouvir uma palestra, tomar um passe, será bom pra mim, precisava me livrar de algumas coisas em minha vida… Mas não levei o Guilherme, porque preciso cuidar primeiro de mim, pra depois levá-lo.

Autora: Giovana, 32 anos, de seu trabalho, no centro de São Paulo.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *