de quantos amigos perdi, não porque eles morreram, mas porque eu sempre tive a mania de querer saber tudo. Alguns dos meus amigos me chamavam atenção, mas eu nunca percebi o quanto sou chato, sempre discutindo, falando e reclamando.

Na hora do almoço, no meu serviço, sempre tinha algum assunto polêmico e eu, como sempre, tomava frente do assunto, as opiniões dos meus amigos não me importavam, só o que eu pensava é que era importante.

Não demorou muito e os meus amigos começaram a me ignorar, não ligavam para minhas opiniões. Passou algum tempo… e a cada dia eu almoçava com menos um dos meus amigos, até que hoje em dia almoço sozinho.

Voltem meus amigos, sinto SAUDADES. Me perdoem por ser tão chato!!!

Autor: Luís Carlos, 23 anos, do posto do AcessaSP de VL Progresso, cidade de São Paulo – SP.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *