dos meus avô sentados na mesa de sua casa ouvindo radinho de pilhas a luz de lampeão de querozene proximo ao fogão de lenha. Detalhe, casa de bambu entrelaçados com cipó coberto de barro. Tempo bom foi aquele, tenho saudade de voces vilhinhos olhai por nós aqui na terra e obrigado.

Autor: Alessandro, 35 anos, do Acessa SP de Botucatu

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *