Símbolo de cadeirante(01/12/2006) O AcessaSP é acessível? Esta questão é o ponto de partida para o Módulo 5 do Programa de Capacitação Continuada para monitores dos postos AcessaSP, que foi batizado de “Acessibilidade e Pessoas com Deficiência”.

Ele tem como foco gerar nos monitores uma sensibilização em relação ao uso da informática e das tecnologias de informação e comunicação por pessoas com deficiência.

Marta GilO Módulo conta com Marta Gil como elaboradora de seu conteúdo – escolha que não foi feita ao acaso, já que, desde a década de 1970, a socióloga formada pela USP desenvolve pesquisas e trabalhos voltados à pessoa com deficiência.

Fundadora e coordenadora da ONG Amankay, ela teve participação fundamental na estruturação da Rede SACI (www.saci.org.br), referência na difusão de informações sobre deficiência.

A importância do Módulo 5, de acordo com Marta, é a de que “em geral, as pessoas com deficiência não são levadas em consideração, pois estão ‘invisíveis’ aos olhos da sociedade, apesar de serem uma parcela muito expressiva da população”.

E é fundamental que a inclusão digital chegue a elas, pois “a informática é uma chave facilitadora da educação, do trabalho, da amizade, da comunicação, do lazer”, afirma a pesquisadora.

Para os monitores, é uma oportunidade de ampliar seu horizonte enquanto agente de inclusão digital, na medida em que serão orientados sobre as melhores formas de acolher a parcela da população que tem algum tipo de incapacidade ou deficiência.

Desenvolvimento
A capacitação envolve desde apostilas – que incluirão a Cartilha da Acessibilidade – até dinâmicas, ou vivências, que ora colocarão os monitores em situações semelhantes às de um deficiente, ora simularão o momento do atendimento a um deficiente.

As atividades buscam “contribuir para fortalecer as redes de suporte social das comunidades, para que os monitores saibam onde buscar apoio e com quem podem contar”, diz Marta.

Busca-se ainda uma relação com o módulo anterior, cujo tema, afinal, não é tão distante da acessibilidade: excelência no atendimento.

Os tópicos abordados são a relação do atendimento com valores, crenças e preconceitos e a questão do voluntariado, dentro da possibilidade de colocar a pessoa com deficiência como parte ativa do processo.

É apenas o início de um processo rumo à acessibilidade, um processo que deve ter um forte alicerce, para que vôos mais altos possam ser alçados. “Não esperamos uma revolução, uma transformação radical. Em geral, essas transformações radicais não criam raízes, passam como um furacão e não deixam frutos”, ressalta Marta Gil em relação aos obejtivos da capacitação.

Afinal, ainda há pontos a serem discutidos e solucionados, como a questão do software livre (adotado nos postos do AcessaSP), que apresenta limitações quanto a aplicativos específicos para pessoas com deficiência; os existentes têm compatibilidade apenas com o sistema Windows.

“Talvez o Acessa São Paulo, com sua força e importância, possa liderar um processo nesse sentido: desenvolver aplicativos em Linux que atendam às necessidades de pessoas com vários tipos de deficiência”, sugere Marta.

O que já foi realizado
A capacitação teve início no último dia 28 de novembro, passando, até agora, pelas cidades de Penápolis, Pindamonhangaba, Ribeirão Preto, Bragança paulista, Irapuru e Ourinhos.

As cidades são adotadas como ponto de encontro, onde reúnem-se o capacitador, os monitores dos postos da região e, quando possível, o gestor.

Próximas cidades
S.José do Rio Preto – 5/12 a 6/12
Gestor: Favaleça
Capacitadora: Érica Franco Teixeira
Cidades reunidas: Aspásia, Catanudva, Fernandópolis, Guarani D’Oeste, Jales, Marinópolis, Nova Canaã Paulista, Ouroeste, Palestina, Populina, Potirendaba, Riolândia, Santa Rita D’Oeste, Santa Salete, Santana da Ponte Pensa, São Francisco, São José do Rio Preto, Três Fronteiras, Turmalina, Urânia, Votuporanga, Palmares Paulista e Palmeira D’Oeste.

Bauru – 5/12 a 6/12
Gestora: Margarida do Nascimento
Capacitador: Jackson Pereira do Lago
Cidades Reunidas: Araraquara, Arealva, Balbinos, Bariri, Bauru, Dois Córregos, Dourado, Duartina, Gália, Iacanga, Igaraçu do Tietê, Itaju, Itapuí, Jaú, Marília, Mineiros do Tietê, Presidente Alves, Sabino, Trabiju, Ubirajara.

Itapetininga – 5/12 a 6/12
Gestor: Rossini Nunes Gomes
Capacitador: Umberto Cesaroli Jr.
Cidades reunidas: Alambari, Angatuba, Anhembi, Apiaí, Barra do Chapéu, Buri, Campina do Monte Alegre, Capão Bonito, Capela do Alto, Guapiara, Guareí, Iperó, Iporanga, Itaoca, Itapetininga, Itapirapuã Paulista, Piedade, Pilar do Sul, Porangaba, Ribeira, Ribeirão Grande, S. Miguel Arcanjo, Sorocaba, Tapiraí, Tietê.

S. José do Rio Pardo – 7/12 a 8/12
Gestor: Rafael Paulucci
Capacitadora: Renata Quicheri
Cidades Reunidas: Aguaí, Caconde, Cajuru, Casa Branca, Cássia dos Coqueiros, Conchal, Itobi, Leme, Mococa, Rio Claro, Santa Cruz das Palmeiras, Santo Antônio da Alegria, São Carlos, São João da Boa Vista, São José do Rio Pardo, Tambaú.

Itararé – 12/12 a 13/12
Gestor: Rossini Nunes Gomes
Capacitador: Umberto Cesaroli Jr.
Cidades reunidas: Barão de Antonina, Bom Sucesso do Itararé, Coronel Macedo, Itaberá, Itapeva, Itaporanga, Itararé, Nova Campina, Ribeirão Branco, Riversul, Taquarituba, Taquarivaí.

Presidente Prudente 1 – 12/12 a 13/12
Gestor: Rafael Paulucci
Capacitador: Jackson Pereira do Lago
Cidades reunidas: Alfredo Marcondes, Álvares Machado, Caiuá, Emilianópolis, Euclides da Cunha, Marabá Paulista, Mirante do Paranapanema, Piquerobi, Presidente Bernardes, Presidente Epitácio, Presidente Venceslau, Presidente Prudente, Ribeirão dos Índios, Rosana, Sandovalina, Santo Anastácio, Santo Expedito, Teodoro Sampaio.

Presidente Prudente 2 – 14/12 a 15/12
Gestor: Rafael Paulucci
Capacitador: Jackson Pereira do Lago
Cidades reunidas: Anhumas, Caiabu, Estrela do Norte, Iepê, Indiana, João Ramalho, Lutécia, Martinópolis, Nantes, Narandiba, Paraguaçu Paulista, Pirapozinho, Quatá, Rancharia, Regente Feijó, Taciba, Tarabai.

São Paulo 1 – 12/12 a 13/12
Gestor: Akira Shigemori
Capacitadora: Érica Franco Teixeira
Cidades reunidas: Barra do Turvo, Biritiba Mirim, Eldorado, Ilha Comprida, Itariri, Juquiá, Miracatu, Pardinho, Pariquera-Açu, Pedro de Toledo, Pirapora do Bom Jesus, Registro, Santos, São Vicente, Sete Barras, Tambaú, Vargem Grande Paulista.

São Paulo 2 – 14/12 a 15/12
Gestor: Akira Shigemori
Capacitadora: Érica Franco Teixeira
Cidades reundias: Botucatu, Cajati, Cananéia, Embu-Guaçu, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato, Franco da Rocha, Iguape, Itanhaém, Itapecerica da Serra, Jacupiranga, Juquitiba, Salesópolis, Santos, São Lourenço da Serra.

Por Marina Iemini Atoji, da Equipe de conteúdo

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *