que depois de nove meses curtindo cada segundo da nossa gravidez, nosso anzjinho não parava de dar chutes e socos na mamãe pedindo para vir se juntar a nós, no dia em que estava na sala de parto em 13/12/05 junto com a minha esposa aguardávamos anciosos pela chegada do nosso anzjinho…

Eu me lembro e nunca mais vou esquecer de quando eu e minha esposa juntos fazíamos força quando vinha a contração para dar a luz num parto normal.

Eu segurava em suas mãos dando-lhe apoio e dizia – “Vamos amor,nosso filho está chegando”. Depois de mais duas contrações eu já estava de olho fechado achando que ainda não era a hora…

Para minha surpresa eu olho para o Doutor Valdir que já estava segurando o noosso ANZJINHO ARTHUR em suas mãos e ele chorava muito e eu disse – “Espera mais um pouco Doutor eu quero tirar uma foto”.

Consegui registrar este momento em que minha esposa estava ainda ligada a meu filho pelo cordão umbilical… confesso que fiquei muito nervoso na hora e cortei a um pedaço da cabeça do meu anzjinho.

Depois disso Ele veio para os nossos braços, primeiramente para minha esposa que ao chegar em seu colo parou logo de chorar e em seguida veio para os meus braços, eu já estava apavorado para segurá-lo.

Noooooossa que delícia viajei no tempo, O Dr Valdir teve que tirar Ele dos meus braços (registrei tudo). Foi uma festa só na sala de parto!

Agradeço a Deus primeiramente pela vida do meu filho,pela vida da minha esposa Leni Angeli que foi muito forte durante a nossa gravidez e também pela vida do Dr. Valdir que nos acompanhou até o nascimento do nosso anzjinho.

UM ANO DEPOIS (13/12/06)… nossa fantástico, momentos inesquecíveis, muita alegria, muita responsabilidade, muita festa e muitas histórias pra contar.

Meu primeiro filho, não vejo mais a vida como antes, sinto e respiro o meu filho a todo instante. Tento achar palavras para expressar o que realmente sinto, sei que é muito mais que amor, mas não saberei passar para o papel.

Deus me fez ver de fato o teu grande poder em trazer a vida até nós e entregar em minhas mãos a responsabilidade de cuidar, dar carinho e afeto a um filho Teu.

Que dentre muitos Tu Senhor separaste e reservaste exclusivamente para mim, ordenando que o Anzjinho Arthur descesse dos céus e se juntasse a mim e a minha esposa para formarmos um linda família.

“Senhor Deus agradeço por confiar em minhas mãos a vida do ANZJINHO ARTHUR e sei que tu zelas por nós, anos após anos… anos após anos”

…Zinho, Papai e Mamãe te amam muuuuuuuuuito, parabéns pelo seu primeiro ano de vida.

Autor: Davis Muniz, 33 anos, de Praia Grande-SP

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *