(22/02/07 – Artigo AcessaSP) Parece aquele filme que a gente já viu… Papai e mamãe alertam sobre os perigos desta vida, dizem para escolhermos bem as companhias, para não dar confiança a estranhos, para ter cuidado com as intimidades no namoro, enfim, um trabalhão para os filhos crescerem longe de encrencas.

Mas ser jovem é também ter desafios, arriscar desobedecer, romper com o controle da família sobre as decisões individuais. Isso faz parte da passagem para a vida adulta. Muitas vezes só se percebe mais tarde que muitos daqueles conselhos eram sábios.

Hoje em dia, quando alguém fala em segurança na internet, o pessoal já fica na defensiva: lá vem aquela turma moralista, paranóica com assaltos e invasão de computadores, querendo cortar o barato de quem quer simplesmente navegar, conhecer gente, se relacionar, sem ter que ficar na “neura” dos cuidados e das desconfianças.

E, de novo, acontece: as pessoas embarcam em histórias de roubo, de vexame público por exibição de fotos ou histórias picantes, pressão psicológica, assédio sexual, pedofilia, entre outras perversidades que povoam a rede, assim como permeiam as relações presenciais.

É preciso criar consciência que a vida na internet é de verdade, é preciso aprender a ter mais malícia, é preciso se proteger. As conseqüências de facilitar nos cuidados com a navegação na internet, seja oferecendo os dados pessoais, seja se abrindo para relacionamentos, nem sempre de boa fé, saem das telas e do mundo digital para causar feridas reais no corpo, no bolso, nos sentimentos das pessoas.

E pode parecer antiquado, chato, moralista, etc, mas é parte da responsabilidade de pais, professores, tios, irmãos mais velhos, monitores, internautas de longa data, enfim, gente experiente, cantar esta jogada para quem está chegando na rede.

Esta seção do Portal do Acessa, Navegação Segura, taí para isso.

Por Lilian Starobinas, pesquisadora do Lidec – Escola do Futuro da USP

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *