(10/04/07) A Companhia do Metrô de São Paulo, histórico usuário de soluções de código aberto como o sistema operacional Linux e o pacote de aplicativos de escritório OpenOffice divulgou o balanço do projeto de implantação da ferramenta PostgreSQL, um bando de dados de código aberto, iniciado em 2001.

Segundo a empresa, a solução atingiu os níveis de conformidade necessários e, por seu baixo custo, possibilitou a economia de US$ 990 mil com a não contratação de licenças de uso de sistemas proprietários.

Para que as metas fossem alcançadas ações conjuntas entre a Dextra, empresa vencedora do processo licitatório destinado à implantação do projeto, e o Metrô foram necessárias.

Houve treinamento de administradores de bancos de dados paro gerenciamento do ambiente PostgreSQL e para o uso de recursos do projeto, além de palestras de aculturamento, criação de FAQ PostgreSQL (um banco de perguntas e respostas de dúvidas mais freqüentes), facilidades de acesso aos dados replicados, apoio ao desenvolvimento e migração de aplicações, definição de uma interface amigável de acesso a dados e uso do pacote de software livre OpenOffice.

Do Estadão.com.br

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *