de quando meus pais se separaram. Três dias após meu pai sair de casa, minha mãe veio até mim, depois de falar com os meus outros irmãos um a um, e disse: “eu vou embora”. Como continuei calado ela interpelou: “O que você acha?” Respondi então: e quem vai comprar comida agora?…

Rio muito quando lembro disso, mas na época a situação não foi nada engraçada… até hoje penso que ela realmente ia embora, e aquela minha pergunta sincera, infantil, mas essencial foi impressindível. Nunca cale uma pergunta em momentos difícieis, por mais bobas que pareça.

Autor: Raphael S. M., 25 anos

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *