(02/07/07 – INFO Online) O MySpace – segundo maior site de redes sociais online – identificou, removeu e bloqueou “alguns milhares” de usuários do site condenados por crimes sexuais.

O MySpace possui 175 milhões de perfis no serviço e tomou a decisão como parte de um programa para proteger jovens.

A medida foi adotada um dia após procuradores-gerais de oito Estados norte-americanos terem exigido à empresa, controlada pela News Corp., que entregasse os nomes e endereços dos criminosos e que apagasse seus perfis.

“Embora vários procuradores-gerais tenham nos pedido para entregar os nomes de predadores sexuais a eles, estamos, infelizmente, proibidos por leis federais e estaduais de fazer isso”, disse o chefe de segurança do MySpace, Hemanshu Nigam, em comunicado.

Em abril desse ano, o Google e o Ministério Público do Rio (MP-RJ) anunciaram um acordo para coibir crimes no Orkut – o site de redes sociais mais utilizado pelos brasileiros.

Pelo acordo, o MP-RJ terá acesso a uma página web para reportar casos de publicação de conteúdo ilegal, apologia ao crime, mensagens racistas entre outras ilegalidades encontradas no Orkut. A página será um canal direto entre os promotores do MP e representantes do Orkut nos Estados Unidos.

Do IDG Now!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *