do tempo em que me amava. Trinta anos se passaram. Hoje, o tempo mudou meu corpo, mudou meus cabelos, mudou-me. O que sobrou de tudo? Seu grito de independência no dia 07/09/2.007. Você foi caprichoso; Lata de cerveja na mão, boné na cabeça e você me diz:”Eu estou indo embora.”

Lembro, que jurou me fazer feliz, e fui feliz. Apesar da dor e por tudo que você foi para mim. Eu lembrarei que também te quero feliz. Vou voltar a trabalhar e te provar que tenho valor.

Autora: Fátima Macena, 48 anos, do posto Acessa em Piqueri, São Paulo-SP

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *