que eu brincava muito com os meus irmãos de balansa cajão no colo da minha querida mãe quanta saudade da que tempo… Todos nós crecemos so ficou a saudade mas de vez em quanto ainda agente se reune para recordar e dar bastante rizada.

Autora: Martinha Zaganin Rosa, 54 anos, do posto Acessa de Iepê

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *