dos dias em que me drogava nas ruas de sp e esquecia de mim, andava como uma mendiga fedendo. Mas hoje estou salva desse mal que a sociedade quer excluir sem almenos querer tentar salvar ajudar.

Hoje somos nos, amanha pode ser voce por o meu relato se voce ver uma pessoa mal drogado nao o julgue e sim o ajude.

Autora: Andreia, 22 anos, do posto Acessa Poupatempo São Bernardo do Campo

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *