73% dos brasileiros não usam a web regularmente, diz estudo publicado pelas Nações Unidas

Penetração da internet no país ainda é baixa e 73% dos brasileiros não usam a web regularmente.

Um estudo global publicado pela UNCTAD, órgão para o comércio das Nações Unidas, classificou o país como a 72ª nação mais conectada à internet no mundo.

No país, a cada grupo de 100 habitantes, 22,6 têm acesso regular à internet.

Apesar de baixo em comparação com nações ricas, o índice é um dos melhores entre os países emergentes e coloca o Brasil à frente de México e Argentina em acesso à internet.

O relatório registra, no entanto, que a expansão do acesso à web no Brasil está ocorrendo de forma muito lenta e o país ainda falha em universalizar o acesso à internet nas escolas públicas, por exemplo. O líder global em uso da web são os Estados Unidos.

Já entre as empresas, o Brasil obtém índice elevado de uso da internet. No país, 90% das empresas têm banda larga e 36% usam a internet para efetuar compras de fornecedores e vender produtos. Este índice é similar ao de países desenvolvidos.

O estudo também avaliou a penetração de celulares no mundo. África e Ásia são os continentes que apresentam maior expansão do mercado de telefonia móvel. A América Latina aparece em terceiro lugar.

No ranking de uso de celular, o Brasil aparece com reação de 52,9 celulares por grupo de 100 habitantes, o que o coloca na 81º posição. O líder neste ranking é Luxemburgo, com 153 celulares por habitante.

Nesse quesito, no entanto, o país está expandindo o acesso à tecnologia de forma mais veloz. Em dois anos, diz a ONU, o Brasil elevou a relação celular/100 habitantes de 33,5 para 52,9. Pelas contas da Anatel, no entanto, o Brasil já possui mais de 60 celulares por grupo de 100 habitantes.

Ao final do relatório, a ONU conclui que ainda existe um abismo tecnológico muito grande entre países ricos e pobres e diz que universalizar o acesso à internet e às redes de telefonia é um desafio importante para os países emergentes obterem melhores resultados no comércio internacional e desenvolvimento local.

Da INFO

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *