Monitores do Acessa indicam sites para aprender inglês, desde o nível básico até o intermediário

Não faz pouco tempo que o inglês é língua essencial, tanto para conseguir uma vaga de emprego quanto para navegar na internet ou entender alguns tipos de conteúdo que têm por aí. Mas nem sempre os cursos são acessíveis, na maioria das vezes por causa do preço…

Os monitores do Acessa, no entanto, têm soluções para essa questão – eles indicam alguns sites que podem ajudar a aprender inglês, e de graça!

Inglês Online | www.inglesonline.com.br
Inglês On-lineEste tem bastante variedade de conteúdo. Tem desde links para tradutores on-line e cursos gratuitos on-line até seção de dúvidas do leitor e vocabulário nos níveis básico, intermediário e avançado.

Mas o destaque mesmo é a seção de vídeos, que tem, entre outras dicas, a série “Como digo em Inglês?” – que pode ajudar a aprender a pronúncia do idioma.

Dica de Rosana Belló, de Pindamonhangaba 2

Internet Polyglot | www.internetpolyglot.com
Internet PolyglotO destaque deste é o conteúdo dinâmico, com slides que ajudam na aquisição de vocabulários, mostrando imagens e reproduzindo o modo de falar. Além disso, tem também jogos, com o jogo de adivinhar qual o signifcado de uma determinada palavra!

Dica do monitor de São João da Boa Vista

Brasil Escola | www.brasilescola.com.br/ingles
Brasil EscolaDesta vez em português brasileiro mesmo, a seção de Inglês do portal Brasil Escola é melhor para quem ainda não tem aquela intimidade com o idioma, pois explica com mais detalhes os exemplos mostrados.

Destaque para a seção ‘Gírias da Língua Inglesa’ que, como o nome já diz, mostra aquelas expressões que são usadas no dia-a-dia e que são importantes na hora de conversar. Afinal, na hora de papear, nem em Português todo mundo fala direitinho toda hora, não é mesmo?

Dica de Rosana Belló, de Pindamonhangaba 2

Tradutor Google | http://www.google.com.br/translate_t
Tem tradução automática para texto e para páginas inteiras da web. É preciso, no entanto, tomar algum cuidado, já que a tradução é feitaautomaticamente e por isso o texto ou conteúdo não necessariamente terão a estrtura completa.

Tradutor GoogleÀs vezes surgem frases sem sentido, mas é só ler com atenção que não é difícil deduzir o que realmente deveria estar escrito… O problema maior é que algumas vezes aparecem palavras sem tradução, pois ainda não constam no repertório do sistema de tradução.

Qual o diferencial da ferramenta, então? O fato de você poder sugerir uma tradução melhor para o texto! Aí, claro, já é para quem tem noções de inglês…

Dica de Tíssia Nunes

Librivox | http://librivox.org
LibrivoxEste já é mais indicado para o pessoal que já tem bastante intimidade com o inglês, mas vale pela experiência de ouvir livros e textos em inglês. É só clicar no livro desejado e depois no link de arquivos mp3 ou ogg para abrir no reprodutor de sons.

Dica de Hugo, de Santa Rita do Passa Quatro

GrammarNet | www.grammarnet.com
GrammarNetO design é bem simplezinho, e o conteúdo está em português de Portugal – nada, no entanto, que comprometa o entendimento, pois o site trata mais da gramática do inglês.

É mais indicado, assim, para quem já conhece um pouquinho do inglês mas tem dificuldades com a estrutura da língua e quer entender melhor como as frases são formadas. Tem inclusive exercícios de fixação para você verificar se conseguiu entender bem o conteúdo!

Dica de Rosana Belló, de Pindamonhangaba 2

Por Marina Iemini Atoji, da equipe de Internet do Lidec

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *