Pedro, Pedro, Pedro, Pedro, Pedro… muitos Pedros. Essa é a origem da cidade de Pedreira que fica no interior do estado, cerca de 130 quilômetros da capital na região de Campinas. Mas, que história de tantos ?Pedros??


Um coronel do exército chamado João Pedro de Godoy Moreira tinha, no século XIX, uma vasta propriedade de terra que, por causa do seu tamanho era conhecida por ?Fazenda Grande? que fazia parte do Município de Amparo. Militar bem sucedido, ele adquiriu no ano de 1887 uma outra propriedade, que na verdade era um sítio que produzia café, produto que naquele momento ainda era muito valorizado em nosso país. Esse terreno fazia parte da Fazenda Santa Ana e pertencia a… José Pedro Arruda.

O coronel João Pedro tinha muitos ?Pedros? em sua família: Antônio Pedro, José Pedro (que não era o mesmo que lhe vendeu a fazenda Santa Ana), Luiz Pedro e Bento Pedro. Quem eram ?os Pedros?? Bem, há controvérsia. A memória popular da cidade dizia que todos eles seriam filhos do Coronel. Porém o Padre Antônio Toloi Stafuzza, principal historiador de Pedreira e autor do livro ?História de Pedreira?, afirma que todos eles eram irmãos. Fiquemos com a versão do Padre.
Percebendo o tamanho de suas posses, o coronel decidiu fazer o que era uma tendência na época: lotear, ou seja, dividir todas as suas terras para vendê-las e assim gerar patrimônio em dinheiro, uma vez que estava ficando difícil administrar uma fazenda daquele tamanho.

Essa atitude acabou por fazer com que surgisse um povoado. Quando as pessoas perguntavam para onde estavam se mudando, respondiam: ?estou indo pra terra dos Pedros?. Em seguida, com o aumento do fluxo de pessoas para aquela localidade passou a se chamar ?bairro dos Pedros? e em seguida ?bairro das Pedreiras?. Por fim, em 1896, o bairro foi elevado a condição de município passando a chamar-se Pedreira.

Ah, e quem nasce em Pedreira não é ?Pedro?. Nem pedra. É pedreirense.
Para saber mais sobre Pedreira, visite a página do posto Acessa Pedreira.
Visite a página oficial do município: http://www.pedreira.sp.gov.br/

Esse texto foi escrito com base em material enviado pela equipe do Acessa de Pedreira.

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *