Entre os 59 milhões de internautas adultos no Brasil, acesso em locais pagos cresceu de 19% para 29% em 7 meses, revela F/Radar

São Paulo, 7 de agosto de 2008 – Dos 59 milhões de brasileiros adultos, com idade acima de 16 anos, que acessam a internet, 48% navegam em locais públicos (29% em LAN houses, 10% em escolas, faculdades ou universidades e 9% em postos de acesso público). Esta é uma das constatações da terceira edição do F/Radar, pesquisa conduzida pelo DataFolha a pedido da F/Nazca.

Na comparação com o estudo de agosto de 2007, a pesquisa registra um crescimento no acesso à internet em locais pagos (de 19% para 29%) e em casa de parentes ou amigos (de 13% para 21%).

O estudo realizado nos dias 26 e 27 de março, com 2.110 pessoas em mais de 150 municípios – 40% da região metropolitana e 60% do interior – mostra que 47% da população adulta tem acesso à internet no País. Em 2007 a penetração era de 38% da população adulta, mas o Datafolha ressalta que o modelo de questionamento foi modificado em relação ao ano passado.

Os dados superam o volume de 41,5 milhões de internautas adultos, indicado pelo Ibope/NetRatings, em junho.

Na avaliação do DataFolha, 25% dos brasileiros adultos ossuem internet em casa, especialmente via banda larga e 21% têm o costume de utilizá-la. A média de acesso é de 3,6 dias por semana.

Se a relação entre renda per capita e acesso à internet existisse, segundo a pesquisa, o Brasil teria 6 vezes mais pessoas com acesso à internet que os Estados Unidos, por exemplo.

Avaliando o comportamento do brasileiro na Web 2.0, o F/Radar mostra que 53% dos entrevistados que acessam a internet já incluíram ou incluem textos e/ou informações de sua autoria na web. O número de pessoas que afirmam postar comentários em sites de notícias evoluiu de 3% da última edição da pesquisa para 11%.

A média de internautas que possui perfil no Orkut cresceu de 36% da amostra de 2007 para 46% este ano. A participação em comunidades na rede social do Google também cresceu – de 27% para 37%.

Aproximadamente metade dos internautas costuma ouvir músicas em sites (56%), assistir vídeos em sites (49%) e baixar músicas (48%).

A compra de CDs e DVDs piratas também foi avaliada e, segundo a pesquisa, é uma prática comum – 71% das pessoas disseram já ter comprado CDs piratas, enquanto 61% já adquiriram alguma vez DVDs ilegais.

Do IDG Now

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *