Companhia chamada de Ae iou opera na região metropolitana e promete tarifas mais baratas

São Paulo, 06 de agosto de 2008 – Com um conceito diferente do visto até agora, a operadora de telefonia móvel Ae iou (mais conhecida como Unicel) chega a São Paulo para conquistar um público jovem e usuário de pré-pago. O modelo de negócio da empresa descarta planos pré e pós-pagos. O consumidor comprará um chip e terá uma espécie de conta corrente na internet para inserir créditos para uso do serviço de voz. A operação comercial começa em 8 de setembro.

Com tarifas mais agressivas, a companhia cobrará R$ 0,14 para ligação entre números da operadora e R$ 0,63, para outras prestadoras de serviço. De Ae iou para fixo, custará R$ 0,28. Os serviços de mensagens sairão por R$ 0,07 entre assinantes da marca e R$ 0,14 de Ae iou para outras empresas. O chip não terá custo, mas o valor mínimo de crédito inicial é de R$ 20 e a recarga mínima será de R$ 15. Esses valores não terão vencimento, como ocorre com as concorrentes.

Segundo o presidente da Ae iou, José Roberto Melo da Silva, a operadora não vai subsidiar os aparelhos. Os clientes vão comprar os chips e usá-los em qualquer terminal desbloqueado. “Nosso negócio é oferecer o serviço de telecomunicações e não vender telefone”, diz o executivo, informando que a empresa também não terá plano de fidelização para prender clientes por meio da aquisição de celulares.

Além de fazer chamadas, os usuários poderão usar futuramente seus créditos para fazer compras pelo celular. A idéia de conta corrente Ae iou é justamente para ampliar a utilidade do aparelho. O consumidor poderá transferir valores da conta do banco tradicional e vice-versa e usar o dinheiro para recarregar o serviço telefônico ou fazer compras. A empresa já fechou acordo com três bancos, que são Bradesco, Real e Unibanco. Melo da Silva informa que a idéia é ampliar o número de instituições financeiras.

Todo o relacionamento com o usuário será feito pela internet, no site www.meuaeiou.com.br. A empresa já começou a operar nesta terça-feira em formato de teste com a distribuição de 3 mil chips para um público selecionado. Até 15 de agosto, a companhia espera ter 15 mil usuários testando o serviço, os quais receberão gratuitamente o SIMCard com crédito de R$ 35 para experimentar a nova operadora. A operação comercial da Ae iou para o resto dos consumidores começa em 8 de setembro. A empresa fará campanha de divulgação nos principais veículos impressos e online.

Operação enxuta

A idéia de criação de uma operadora de baixo custo surgiu há oito anos na cozinha de Melo da Silva. Ele conta que não entendia porque o custo da tarifa do celular pré-pago de sua empregada era sete vezes mais que a de seu plano pós-pago. A partir daí começou a projetar a operadora, que inicialmente foi apresentada com o nome de Unicel e tem como investidor a Elav e grupo arábe Hits Telecom.

Para praticar tarifa competitiva, Ae iou será enxuta. Sua sede vai funcionar num terreno de 750 metros quadrados no bairro da Vila Madalena (rua Fidalga, 548) em São Paulo, tocada por cerca de 60 funcionários. A empresa não terá call center nem lojas físicas. Seu único espaço para demonstração dos serviços será na própria sede.

“Com essa estrutura podemos oferece preços mais agressivos”, promete o presidente da Ae iou, que afirma que ainda há espaço em São Paulo para mais uma operadora. “Nossas pesquisas mostraram que há muitas pessoas descontentes com as tarifas. O Brasil é o país emergente que menos fala no celular por causa do alto custo do serviço.

“Num primeiro momento, o alvo da Ae iou é o publico jovem, que segundo Melo da Silva, quer falar bastante sem pagar muito e, de quebra, gosta de tecnologia e inovação. Inicialmente, a operadora vai focar sua operação nos serviços de voz para depois atacar o segmento de dados. Sua rede de dados EDGE entra em operação no final deste mês e a operadora ainda não tem planos para explorarção dos serviços 3G.

A rede de GSM da nova operadora está preparada para suportar 1 milhão de assinantes e sua cobertura inicial é a capital paulista e região metropolitana, incluindo as cidades: São Bernardo do Campo, Santo André, São Caetano, Diadema, Guarulhos e Osasco.

Por que Ae iou?

A nova marca, segundo a operadora, é atrevida e vem com dose de humor e irreverência para conquistar o público jovem, que é seu grande alvo. Usa todas as vogais, por elas serem o ponto de partida de toda comunicação.

“E simples e chama a atenção”, dizem executivos da nova operadora. A campanha de lançamento que estará na mídia foi feita com personagens de vídeos do YouTube que fizeram muito sucesso, como o da nutricionista Ruth Lemos.

Do WNews

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *