Rede iGovSP é espaço para servidor público compartilhar seu conhecimento

Conhecida como Rede iGovSP, o site foi projetado para ser um espaço permanente de debates para os 700 mil funcionários públicos paulistas. Adota como estratégia dar visibilidade e incentivar o protagonismo do servidor, em especial dos que sugerem e executam ações localizadas e bem-sucedidas em seu ambiente de trabalho.

A proposta da Rede iGovSP é se integrar aos muitos serviços existentes na Internet que produzem conhecimento de modo colaborativo, como a Wikipedia e o YouTube. Para isso, usa as ferramentas sociais da Web 2.0: blog, wiki (documento produzido coletivamente), comunidade virtual, fóruns de discussão e as SMS, sigla que identifica as Short Message Service, mensagens de texto recebidas no celular.

O portal www.igovsp.net traz notícias nos formatos de texto, podcast (arquivo de áudio) e vídeo. Um dos destaques é a comunidade virtual nósGov, que tem uso parecido com o do Orkut e permite ao participante postar imagens e vídeos pelo celular.

Todos os serviços oferecidos são gratuitos e tutoriais passo-a-passo ajudam o usuário iniciante a se familiarizar rapidamente com as ferramentas. A maioria das lições é transmitida em vídeos curtos e ensinam tarefas simples, como criar um blog e postar comentários e fotos; produzir, editar e publicar vídeos e podcasts na Internet; estruturar um wiki (documento colaborativo); fazer um perfil e interagir em comunidades virtuais e listas de discussões.

Inteligência coletiva – Roberto Agune, coordenador do Gati, aposta no compartilhamento de informações e na criação coletiva do saber “como um meio para inovar, desburocratizar e aprimorar a gestão pública”. Segundo ele, o funcionário detém o conhecimento dos processos internos e dos serviços prestados pelo Estado. E, ao longo de sua carreira, encontra respostas para problemas pontuais e recorrentes que podem ser reaproveitadas.

“A meta é preservar e disseminar este saber acumulado, muitas vezes perdido com a aposentadoria de servidores. A ideia é aproveitar este conhecimento para fortalecer o aprendizado e facilitar o trabalho das futuras gerações. E, em paralelo, incentivar órgãos, repartições e secretarias a identificar, planejar e executar ações neste sentido”, explica Agune.

Sem custos – A Rede iGovSP é uma ação estadual pioneira no País que integra a Política de Gestão do Conhecimento e Inovação, proposta regulamentada pelo Decreto nº 53.963, publicado no Diário Oficial de 22 de janeiro. O trabalho é uma continuidade do Programa de Desenvolvimento Gerencial (PDG), instituído em 2004, que capacitou dez mil gerentes públicos. Promove, desde 2006, ciclos de palestras e oficinas de criatividade para os servidores estaduais.

Mais da metade dos servidores paulistas têm curso universitário e 25% deles pós-graduação em conclusão ou em andamento. “É um capital humano bem-formado, que deve evoluir ainda mais por agora dispor de um ambiente próprio para compartilhar informações”, prevê José Antônio Carlos, consultor do Gati.

“Há muitas oportunidades para inovar em serviços públicos estaduais, como escolas, hospitais e presídios”, aponta Álvaro Gregório, também integrante do Gati. Como exemplo, cita a própria Rede iGovSP, construída sem custos por usar ferramentas de uso gratuito (open-source) disponíveis na Internet, que também são as mais populares.

Inovação e eficiência no celular

Exemplo de uso inovador e eficiente da tecnologia foi uma experiência-piloto realizada no final de 2008 pela Secretaria Estadual de Gestão Pública. Participaram o Gati, a Companhia de Processamento de Dados do Estado (Prodesp), as operadoras de telefonia móvel e o Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

No teste, dois dias antes de consultas e exames, cada paciente recebeu no celular mensagem de texto lembrando-o do compromisso agendado. A medida diminuiu atrasos e ausências em 17%.

A experiência com a telefonia móvel foi também testada em outros programas e secretarias de Estado. No Poupatempo foi usada para agendar a retirada de segunda via de documentos. No site Emprega São Paulo, o trabalhador cadastrado recebeu no display do aparelho um lembrete na véspera de entrevistas e de compromissos ligados à sua recolocação profissional.

Cada mensagem de texto custa R$ 0,09 e o preço cai quando cresce o volume de destinatários. Na avaliação do Gati, o prejuízo ao Estado causado pela perda de compromissos é maior que o gasto com o envio das mensagens. E a experiência inovadora pode ser adaptada às necessidades de outras localidades na área da gestão pública.

Serviço

Mais informações, acesse a Rede iGovSP no site
www.igovsp.net ou nósGov – http://igovsp.ning.com

Do Portal do Governo SP

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *