Nova versão do sistema operacional do AcessaSP traz melhorias para atender necessidades dos usuários

A migração do sistema operacional utilizado nos computadores dos postos do Acessa São Paulo deve ser concluída até o final de 2009. A versão 3.0 do Acessa Livre vem para atender a diversas demandas dos usuários do programa, como melhorias nos softwares de navegação na internet e no suporte a pendrives e DVDs.

Só de olhar já se percebe a mudança nos computadores que recebem o Acessa Livre 3.0. A nova versão do Linux do AcessaSP traz uma interface mais avançada e moderna. Mas as mudanças não são apenas na aparência. Os aplicativos, programas que permitem a realização de tarefas no computador, também estão melhores.

Por exemplo, com as versões 1.5 e 1.71 do Acessa Livre os usuários de postos podem ter sofrido dificuldades para visualizar corretamente alguns sites, como webmails e o Orkut. No Acessa Livre 3.0 os softwares de navegação – Firefox, Opera e Epiphany (novo Galeon) – foram atualizados, o que diminuirá a ocorrência desse tipo de dificuldade. Os usuários também devem enfrentar menos problemas na geração de boletos bancários, que às vezes perdiam a formatação correta nos navegadores antigos.

O comunicador instantâneo também foi atualizado. O GAIM ganha uma nova versão, agora com o nome de Pidgin. E o usuário passa a contar com mais uma opção: o aMSN, mais parecido com o MSN original.

Outra novidade na nova versão do Acessa Livre é que ela reconhece automaticamente todos os tipos de pendrives. Nas versões anteriores, muitos tipos de mídias não eram aceitos pelos computadores. O sistema passa a ter suporte para leitor e gravador de DVDs. Nas versões anteriores, apenas CDs podiam ser lidos e gravados. Agora, a gravação de CDs está mais rápida.

O OpenOffice foi substituído pelo BrOffice. Os aplicativos de edição de texto, planilhas e apresentações agora estão em versão voltada especificamente para o público brasileiro.

Também vai ficar mais fácil imprimir nos postos do AcessaSP. Antes era preciso salvar o documento para impressão num disquete ou utilizar e-mail para enviá-lo ao micro do monitor. Agora os documentos para impressão serão enviados diretamente da máquina do usuário à máquina do monitor, que então autorizará a impressão.

Até o momento 205 postos já trabalham com o Acessa Livre 3.0, o que representa 42% de toda a rede. Desde novembro de 2008, todos os novos postos têm recebido a mais recente versão do Acessa Livre. Postos com máquinas com mais de cinco anos receberão máquinas novas já com a versão 3.0. Os postos mais antigos também estão entre os prioritários para receber o novo sistema. Outra frente de atualização são os postos que têm maquinas novas, que precisam apenas receber a nova versão.

No entanto, há entraves à migração. O principal problema são máquinas obsoletas, sem memória RAM suficiente e processadores capazes de rodar o novo sistema. Porém, há uma nova empresa responsável pela manutenção dos computadores em todo o estado. Essa empresa está normalizando as atividades e logo deve ser realizada a substituição dos equipamentos ultrapassados.

O Manual de Uso do Acessa Livre 3.0 pode ser baixado em pdf aqui.

Com informações de Edmarques Dias, colaborador de desenvolvimento da Prodesp – Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *