de quando eu fui chamado para trabalhar na Prefeitura de Itaberá, só que neste mesmo dia apareceu serviço no Mercado, nos Correios. Meu pai me falou “Com qual destes serviços que você quer trabalhar?”, eu escolhi a prefeitura, mas nem sabia que cargo eu ocuparia para trabalhar. Meu pai me falou que era para varrer rua (gari). Eu falei pra ele que eu tinha que encarar qualquer coisa. Eu tinha meus 11 anos de idade quando entrei na Prefeitura, meu primeiro chefe do meu primeiro emprego era meu pai. Mas pra ele não tinha filho no serviço, ele me tratava igual aos outros, por incrível que pareça. Se tinha que chamar a atenção era geral. O tempo foi passando, fiquei 4 anos trabalhando de gari. Aí me mudaram de serviço, me passaram para trabalhar de inspetor de alunos numa das escolas daqui de minha cidade. Fiquei mais 6 anos de inspetor de alunos desta unidade escolar. Aí eu trabalhei de monitor de ônibus escolar, trabalhei de ajundante de oficina da prefeitura, fui office boy, trabalhei de auxiliar de serviços gerais, já fui DJ, fui cobrir férias da telefonista da prefeitura, etc. Hoje continuo trabalhando de monitor escolar e agora também sou monitor do AcessaSP de Itaberá. Eu tenho 23 anos de trabalho só na Prefeitura. Esta foi um pouquinho de minha história na Prefeitura Municipal de Itaberá.

Autor: André Augusto de Oliveira, 35 anos, Itaberá-SP

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *