que ao completar 12 anos, meu pai me deu as chaves de casa e junto me passou um sermão sobre minhas novas responsabilidades. Me falou que eu estava ficando homem e como tal precisava ter responsabilidades, me falou da importância de ter as chaves e que era para eu zelar pelas mesmas. Acontece que, após o sermão, fui ao banheiro e zapt, as chaves caíram no vaso, dei a descarga para limpar a água e as chaves foram junto. Nunca contei isto a meu pai, só sei que foi necessario um chaveiro vir em casa e trocar as fechaduras. Conclusão, hoje sou chaveiro. E até hoje me lembro disto.

Autor: Albano Sena de Oliveira, 34 anos, Santo André-SP

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *