que quando eu era menor fui brincar de carrinho de rolemã. Nós costumavamos fazer carretas e descer a ladeira. Numa dessas descidas com o carrinho lotado de moleque, ele capotou e todos nós saímos machucados. Hoje em dia, quando eu conto para o meu filho, ele morre de rir.

Autor: Moises Bispo, 44 anos, São Paulo-SP

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *