Acessinha SP cria espaço para estimular o aprendizado e oferecer opções de lazer via internet

O Acessa SP, programa de inclusão digital do Governo de São Paulo, inaugura nesta segunda-feira, 27 de julho, o “Acessinha SP”, uma sala especialmente dedicada aos usuários de até onze anos de idade. O uso do espaço, no posto do Parque da Juventude, zona norte de São Paulo, é totalmente grátis.

Com a sala, as crianças vão dispor de um local exclusivo para a iniciação à informática. São onze computadores num espaço onde o uso da internet vai estimular o desenvolvimento da coordenação visual e motora, a criatividade e a iniciativa. De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, dois monitores irão orientar os pequenos usuários, explicar a função de cada parte do computador e os cuidados necessários ao usar o equipamento.

O objetivo é que as atividades no “Acessinha SP” despertem a curiosidade das crianças para que conheçam outros universos, além daquele em que vivem. Para isso, os monitores vão ensinar a fazer pesquisas informatizadas e acessar sites educativos. Além disso, também serão realizadas atividades como leituras lúdicas, exercícios de compreensão de palavras, oficinas e cursos adequados à faixa etária – o que fará da sala um espaço de ensino e aprendizado constantes.

“O Acessinha vai realizar um trabalho de iniciação à informática e à tecnologia, possibilitando a inclusão digital e social de crianças que não têm computador”, diz o Secretário de Gestão Pública do Estado, Sidney Beraldo. “Com o acesso gratuito à internet, monitorado e orientado de acordo com a faixa etária, a criança conseguirá construir recursos para se tornar um cidadão responsável e comprometido”, completa o secretário.

O atendimento no espaço para as crianças segue a fórmula padrão do Acessa SP: cada usuário tem direito a 30 minutos de navegação por acesso. Quando o tempo acabar, é preciso pegar uma senha e voltar ao final da fila.

Projeto social

A necessidade da sala surgiu porque o posto é freqüentado pelas crianças do Centro para a Criança e Adolescente Zaki Narchi, um projeto social desenvolvido pela ONG Croph – Coordenação Regional das Obras de Promoção Humana, em conjunto com a prefeitura de São Paulo por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Os integrantes do projeto são moradores do Conjunto Habitacional Zaki Narchi e já usavam o posto uma vez por semana. Com a nova sala, não somente estas, mas qualquer outra criança interessada – até 11 anos de idade – poderá navegar na internet num ambiente especialmente preparado para estimular a aprendizagem e o lazer via computador.

Para Elenir Aparecida Martins, que mora no Conjunto Habitacional e têm 4 filhos que freqüentam o Acessa SP, a nova sala vai ser um estímulo a mais para manter as crianças longe das ruas. “Pra gente, que não tem condições de ter computador em casa, é muito bom. Antes eu não tinha sossego, nunca sabia onde as crianças estavam”, diz a dona-de-casa. “Agora eles acordam de manhã sem nem precisar chamar para ir para o projeto e no dia que vão mexer com a internet, eles ficam até mais motivados. Quando voltam, eles contam que brincaram bastante”.

As crianças cuidadas pela Croph normalmente vão ao posto no Parque da Juventude uma vez por semana, às terças-feiras. Mas as atividades do Acessinha estarão disponíveis para todas as crianças interessadas de segunda a sexta-feira, das 8 da manhã às seis da tarde.

Programa Acessa São Paulo

O Acessa São Paulo, vinculado à Secretaria de Gestão Pública e gerido pela Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo), oferece acesso às novas tecnologias da informação e comunicação, em especial à internet, contribuindo para o desenvolvimento social, cultural, intelectual e econômico dos cidadãos.

Atualmente, o programa está presente em 440 cidades, dispõe de 499 postos, com 3.832 computadores e 935 monitores. Desde que foi lançado, em julho de 2000, já foram cadastrados 1,68 milhão de usuários em todo o Estado e mais de 38 milhões de atendimentos foram realizados.

O atendimento nas unidades do Acessa São Paulo é gratuito, e cada usuário tem direito a 30 minutos de navegação por acesso.

A meta do Governo do Estado é levar o Programa Acessa São Paulo para todas as prefeituras paulistas interessadas.

Acesse as imagens do Acessinha SP:
http://www.flickr.com/photos/gestaopublicasp/sets/72157621780808318/

Confira o site do Acessinha, onde crianças encontram jogos e brincadeiras http://www.acessasp.sp.gov.br/acessinha/index.html

Serviço:

Sala para crianças – Acessinha SP
Público-alvo: crianças e adolescentes até 11 anos
Onde: Posto do Acessa SP no Parque da Juventude
Endereço: Av. Cruzeiro do Sul n° 2630 – Carandiru
Inauguração: 27 de julho de 2009, segunda-feira
Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 8h00 às 18h00
Forma de atendimento: Igual ao Acessa SP: cada usuário tem direito a 30 minutos de navegação por acesso. Quando o tempo acabar, é preciso pegar uma senha e voltar ao final da fila.
Inscrição: os usuários serão cadastrados mediante apresentação de documento e assinatura dos pais e/ou responsáveis
Taxa: gratuito

Da Gestão Pública

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *