quando eu morava em uma casa que havia uma padaria bem pertinho, era só descer a rua…

Uma vez, eu fui até a padaria sozinha e, como eu não alcançava a geladeira de sorvete, pedi pra alguém pegar um pra mim e já ia indo embora, quando o dono da padaria me abordou e perguntou pela minha mãe. Desatei a chorar e, 15 minutos (e 2 sorvetes Galak) depois, minha mãe apareceu, pagou pelos sorvetes e me levou embora. Detalhe curioso: Eu tinha 2 anos e meio de idade!! Inacreditável, não?

Mas juro que esse foi meu primeiro e último delito… rsrsrs

Autora: Eliane Nascimento Lima Vieira, 32 anos, São Paulo-SP

Categorias: Eu me lembro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content