Juntas, unidades de Álvaro de Carvalho, Arco-íris, Fernão, Lupércio, Maracaí,
Pedrinhas Paulista e Queiroz superam 139 mil atendimentos prestados

No mês de janeiro, o programa de inclusão digital do governo paulista, Acessa SP, completa o segundo ano de funcionamento em sete municípios da região administrativa de Marília. Os postos de Álvaro de Carvalho, Arco-íris, Fernão, Lupércio, Maracaí, Pedrinhas Paulista e Queiroz, atingem a marca de 139,5 mil acessos gratuitos à internet banda larga realizados para mais de 2,4 mil usuários cadastrados no serviço.

No total, as unidades oferecem 35 computadores para uso dos cidadãos – cada posto tem cinco máquinas, com capacidade para prestrar de 1,5 mil acessos por mês. A unidade de Álvaro de Carvalho é a mais movimentada, com 29,1 mil acessos acumulados. Localizado na Praça Otacílio Pereira Nobre, nº 151, Centro, o posto funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (veja abaixo informações sobre os postos).

O programa cobre 90% da região administrativa de Marília. São 45 postos em funcionamento – 22 deles entregues após 2007, quando teve início o Plano de Expansão. Juntas, as unidades em funcionamento na região oferecem à população 235 computadores com acesso gratuito à internet banda larga. A cada mês, são realizados 44 mil acessos, o equivalente a 8,5% do total de atendimentos em todo o Estado pelo programa, no mesmo período.

“O Acessa SP tem um grande alcance social, na medida em que atendemos cidadãos de todas as idades que não têm computador em casa. Por esta razão, iniciamos em 2007 o Plano de Expansão, com o objetivo de atender a todos os municípios paulistas interessados”, afirma o secretário de Gestão Pública, Sidney Beraldo.

Perfil dos usuários

Realizada anualmente, a pesquisa Ponline avalia o perfil do usuário do programa Acessa SP, a partir de questionários respondidos online. Na mais recente versão, realizada em 2008, foram entrevistados 8.268 cidadãos. A pesquisa apontou que houve um aumento de 12 pontos percentuais da frequência nos postos por pessoas com renda familiar de menos de um salário mínimo – um salto de 20% para 32% na comparação.

A maioria dos entrevistados que frequentam postos do Acessa SP (69%) respondeu ter renda familiar de até dois salários mínimos – 7% a mais comparado à pesquisa anterior. O número de usuários que não trabalham também teve alta de 7% – de 57% para 64%. Mais da metade dos participantes (68%) disse que não tem computador em casa. O aumento da freqüência no programa pela população de baixa renda reflete na instalação de unidades em municípios com índices de desenvolvimento mais baixos.

Renda familiar mensal de usuários do Acessa SP

A sondagem também revela que o jovem é um típico frequentador dos postos. A média de idade dos usuários é de 22 anos. A pesquisa mostra que 80% dos usuários têm até 29 anos. Embora predomine o uso dos computadores do Acessa SP pelo público jovem, a amostragem assinala um aumento dos usuários com idade acima dos 30 anos. Comparado à pesquisa feita em 2007, o público na faixa etária dos 30 aos 39 anos aumentou de 10% para 12%, em 2008. Houve ligeiro aumento no público com idade entre 20 e 24 anos, de 15% para 16%, na comparação.

Acessa SP
O Acessa SP é um programa de inclusão digital do Governo do Estado de São Paulo que atingiu marca superior a 42 milhões de atendimentos. Desde a sua fundação, em 2000, existem mais de 1,8 milhão de usuários cadastros. Ao todo, são 526 postos em funcionamento em 464 municípios, com 4.099 computadores e 992 monitores.

Nas unidades do programa, o usuário tem o acesso gratuito à internet banda larga em um período de 30 minutos por acesso. O uso é ilimitado. Ao término do tempo, basta apanhar uma nova senha e aguardar a vez. O programa Acessa SP está vinculado à Secretaria de Gestão Pública e é gerido pela Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo).

Outro programa de inclusão digital do governo paulista é o Acessa Escola. Desenvolvido pelas Secretarias de Estado da Educação e de Gestão Pública, a iniciativa tem por objetivo promover a inclusão digital e social dos alunos, professores e funcionários das escolas da rede pública estadual. Ao todo, são mais de mil salas de informática e 200 mil usuários cadastrados. Juntos, o Acessa Escola e Acessa SP superam a marca de 45 milhões de atendimentos.

Serviço:

Segundo ano de postos do Acessa SP:
Álvaro de Carvalho

Endereço: Praça Otacílio Pereira Nobre, 151 Centro
Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Computadores para usuários: 5
Atendimentos acumulados (acessos): 29,1 mil

Arco-íris
Endereço: Rua Francisco Morales Escudeira, 23 – Centro
Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h
Computadores para usuários: 5
Atendimentos acumulados (acessos): 28,1 mil

Fernão
Endereço: Rua João Alves Mira, 234 – Centro
Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h
Computadores para usuários: 5
Atendimentos acumulados (acessos): 16,5 mil

Lupércio
Endereço: Rua Francisco Coneglian, 357 – Centro
Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h
Computadores para usuários: 5
Atendimentos acumulados (acessos): 25,6 mil

Maracaí
Endereço: Rua General Ataliba Leonel, 860 – Jardim Santana
Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h
Computadores para usuários: 5
Atendimentos acumulados (acessos): 11,5 mil

Pedrinhas Paulista
Endereço: Rua da Ciência, 246 – Centro
Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30
Computadores para usuários: 5
Atendimentos acumulados (acessos): 13,6 mil

Queiroz
Endereço: Avenida Joaquim Ferreira Gandra, 39
Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h
Computadores para usuários: 5
Atendimentos acumulados (acessos): 14,7 mil

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *