Meta é manter regularidade dos estoques que tendem a cair nas épocas de vacinação e do frio


Para evitar a falta de sangue em estoque durante as etapas de vacinações contra a gripe A H1N1, a Fundação Pró-Sangue incentiva a doação preventiva. É que após tomar a vacina, as pessoas ficarão impedidas de doar sangue por 45 dias. O objetivo é manter a regularidade de estoques que tendem a cair nas épocas de vacinação e do frio.

A ideia é que os doadores façam a sua doação no início deste mês. Esta é a melhor forma para compatibilizar o bloqueio de 45 dias imposto pela vacinação contra a gripe A H1N1 e o período de impedimento após toda doação, que é de três meses (homens) e quatro meses (mulheres), conforme legislação.

Se fizer a doação agora, o doador estará apto a fazê-la novamente no final de maio, que coincide com o período em que normalmente são registradas quedas de temperaturas.

Para doar sangue, basta estar em boas condições de saúde, estar alimentado, ter entre 18 e 65 anos, pesar mais de 50 quilos e levar documento de identidade original. O Posto Clínicas fica na Avenida Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 155, 1º andar, a 200 metros da estação Clínicas do Metrô. Funciona de segunda à sexta-feira 7 das às 19 horas e aos sábados, domingos e feriados, das 8 às 18 horas.

Para obter mais informações, ligue para o Alô Pró-Sangue 0800-55-0300 ou acesse o site www.prosangue.sp.gov.br.

Da Fundação Pró-Sangue

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *