Objetivo é propor às comunidades a reflexão sobre seus direitos e deveres a partir da perspectiva local

O Centro de Integração da Cidadania (CIC), programa da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, lançou na quinta-feira, 22, o projeto “Educação para Cidadania”. O objetivo é propor às comunidades a reflexão sobre seus direitos e deveres a partir da perspectiva local. Com isso, pretende-se suscitar temas de direitos humanos por meio das problemáticas locais levantadas pelas próprias comunidades, com foco preferencial nos direitos difusos.

As atividades serão exclusivamente voltadas à educação em direitos humanos de forma lúdica, como peças de teatro, dinâmicas de grupo e exibição de filmes seguidos de bate-papos, com base nos seguintes temas: prevenção de acidentes; direito à habitação; racismo; diversidade sexual; acessibilidade; violência doméstica e contra a mulher; violência escolar; estatuto da criança e do adolescente; uso de drogas; relações de consumo; desenvolvimento urbano; polícia comunitária; mediação de conflitos; campanha do desarmamento; mercado de trabalho; e controle social.

Entre os principais parceiros estão nesse projeto estão a Assessoria de Defesa da Cidadania, Coordenação de Políticas Públicas para a Diversidade Sexual, Coordenação de Políticas Públicas para a População Negra e Indígena, Conselho Estadual Sobre Drogas, Defensoria Pública do Estado de São Paulo, em particular a Escola da Defensoria Pública, Fundação para Desenvolvimento da Educação, Diretoria de Polícia Comunitária e de Direitos Humanos da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Instituto Legislativo Paulista da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor, Instituto de Terras do Estado de São Paulo, Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho, além da Organização da Sociedade Civil e Ministério Público Democrático.

Sobre o CIC

O Centro de Integração da Cidadania (CIC) é um programa da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania que tem o objetivo de proporcionar o acesso à justiça, por intermédio de serviços públicos de qualidade para a população e o incentivo à cidadania comunitária. Para isso, conta com dez postos fixos localizados em regiões periféricas das cidades de São Paulo (norte, sul, leste e oeste), Guarulhos, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato e Campinas.

Nas unidades do CIC, a população tem acesso a serviços públicos gratuitos e pode participar ativamente de ações para o desenvolvimento local, por intermédio de palestras informativas sobre temas diversos, oficinas culturais, orientações sociais e jurídicas, mediação comunitária de conflitos, reuniões de Conselho Local de Integração da Cidadania (Clic) e atividades educativas de promoção e conscientização acerca de direitos humanos e cidadania, focadas no Programa Estadual de Direitos Humanos.

Da Secretaria da Justiça e Defesa da Cidadania

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *