Ao todo são mais de 853 atividades gratuitas como workshops, palestras, ciclo de filmes, aulas e cursos


A partir do dia 5 de abril, estão abertas as inscrições para as atividades do primeiro semestre da rede de Oficinas Culturais. Ao todo, são oferecidas 30.236 vagas em 853 atividades gratuitas na Capital, no Litoral e no Interior.

As 21 Oficinas Culturais (seis na Capital e 15 no Interior) oferecem workshops, palestras, ciclo de filmes, aulas abertas e cursos de curta duração em 607 municípios. “Procuramos levar formação cultural de qualidade para o maior número de localidades do Estado”, afirma o diretor executivo da Associação Amigos das Oficinas Culturais do Estado de São Paulo, organização social responsável pela gestão da iniciativa, Lorenzo Mammi.

Há opções dirigidas para diferentes perfis, de crianças a adultos, de iniciantes a pessoas com nível avançado de conhecimento. Diversas áreas do saber são prestigiadas: teatro, música, artes plásticas, dança, fotografia, circo, gestão cultural e audiovisual, entre outras. A programação completa está disponível em www.oficinasculturais.org.br .

Os interessados devem se apresentar no local onde o evento será realizado e preencher a ficha de inscrição. Algumas atividades possuem pré-seleção por meio de uma das seguintes formas: análise de currículo, entrevista, carta de interesse ou preenchimento de questionário.

Oficinas Culturais

A rede das de Oficinas Culturais é uma das políticas públicas culturais do Governo. Seu objetivo é oferecer alternativas gratuitas de formação cultural para todos os municípios paulistas.

As 21 Oficinas Culturais estão localizadas em São Paulo (Bom Retiro, Brás, Barra Funda, Itaquera, Vila Brasilândia e São Miguel Paulista), São José dos Campos, Ribeirão Preto, Limeira, São José do Rio Preto, Iguape, Bauru, Sorocaba, São João da Boa Vista, Campinas, Araraquara, Santos, São Carlos, Araçatuba, Marília e Presidente Prudente.

Os gerenciamentos técnico e administrativo são realizados pela organização social de cultura Associação Amigos das Oficinas Culturais do Estado de São Paulo (Assaoc), que tem contrato de gestão firmado com a Secretaria de Estado da Cultura.

Outros projetos de formação cultural do Governo do Estado de São Paulo também são geridos pela Assaoc. São eles: Terceira Idade, Arquimedes (inclusão sócio-cultural de crianças e adolescentes), Barracão (atividades junto às escolas de samba), Talentos Especiais (pessoas com deficiência), Ademar Guerra (focado no estímulo ao teatro do interior do Estado), SP Escola Teatro (com oferta de cursos de qualificação técnica e profissional em artes cênicas) e Fábricas de Cultura (que promove ações artísticas em regiões com baixos indicadores sociais).

Da Secretaria da Cultura

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *