Objetivo é aperfeiçoar atendimento em diferentes espaços como Centros-Dia e centros de convivência

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seads) preparou, junto com a Fundação Padre Anchieta, o Kit Futuridade voltado para os municípios para capacitá-los no atendimento às pessoas da terceira idade. Composto por dez publicações, os temas abordados são envelhecimento humano nas suas múltiplas dimensões (biológica, psicológica, cultural e social); legislações destinadas ao público idoso; o envelhecimento na perspectiva da cidadania e como projeto educativo na escola; e reflexões sobre maus tratos contra idosos.

Com esse material, o Governo pretende formar profissionais capacitados para atender a demanda em diferentes espaços como Centros-Dia, Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) e centros de convivência, entre outros. O objetivo principal é permitir que as equipes tenham uma atuação cada vez mais qualificada e uma prática baseada em fundamentos éticos e humanos.

Clique em http://www.desenvolvimentosocial.sp.gov.br/portal.php/publicacoes_relatorios para fazer o download das publicações.

Quero Vida

O projeto Quero Vida, lançado em janeiro deste anos, implanta espaços de convivência para pessoas com mais de 60 anos. A iniciativa foi firmada com a assinatura de convênios com 42 cidades paulistas totalizando a liberação de R$ 12,1 milhões. É mais uma ação do Governo de São Paulo em favor da qualidade de vida da terceira idade.

O Quero Vida apoiará os municípios na implantação de espaços de acolhimento, proteção e convivência a idosos que possuem famílias sem condições de prover cuidados durante todo o dia ou parte dele. Nos espaços, o idoso terá à sua disposição atenção integral, com alimentação, higiene pessoal, cultura e recreação, em um local com normas de acessibilidade, higiene e segurança.

Nas unidades do Quero Vida os idosos contarão com profissionais especializados, como médicos geriatras, auxiliares de enfermagem, nutricionistas, professores de Educação Física e assistentes sociais. Com capacidade para até 50 idosos, o serviço deverá disponibilizar também atendimento de transporte para aqueles que não possam ir sozinhos ao centro e que a família não tenha condições de transportá-los. Saiba mais aqui.

Da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *