Programa oferece vagas para cursos gratuitos de inglês, espanhol e francês em escolas de particulares conveniadas ao Governo

Termina nesta sexta-feira, 11, o prazo para os alunos da rede de ensino estadual se cadastrar e concorrer a uma das cerca de 160 mil vagas remanescentes do programa de aperfeiçoamento de idiomas. A inscrição deve ser feita na escola estadual onde o estudante está matriculado. Caso haja vagas disponíveis nas escolas de idiomas particulares conveniadas ao programa no município em que o aluno mora, o candidato será automaticamente selecionado. As informações sobre as vagas em aberto podem ser obtidas junto às Diretorias de Ensino. Em caso de dúvidas, os estudantes interessados podem entrar em contato com a Central de Atendimento da Secretaria da Educação, por meio do telefone 0800-7700012 ou pelo e-mail centralgdae@edunet.sp.gov.br .

Executado pela Secretaria da Educação, com investimento de R$ 296 milhões, o programa oferece um total de 362.539 vagas para cursos gratuitos de inglês, espanhol e francês em 586 escolas de idiomas particulares conveniadas ao Governo do Estado de São Paulo. A ação é voltada a alunos dos 2º e 3º anos do Ensino Médio regular, e neste ano atende também estudantes do segundo termo do Ensino Médio da EJA (Educação de Jovens e Adultos) residentes em cidades com mais de 50 mil habitantes.

“Esses cursos serão oferecidos como um adicional à carga horária regular do currículo. Portanto, não irão substituir o que já é dado em sala de aula, e sim proporcionar aprofundamento nos conteúdos”, explica o secretário da Educação, Paulo Renato Souza.

Lançado neste ano, o programa tem como proposta ampliar o ensino gratuito de língua estrangeira especialmente aos alunos matriculados nos 2º e 3º anos do Ensino Médio e EJA e que morem em cidades com mais de 50 mil habitantes. A partir de 2011, serão atendidos todos os estudantes matriculados no 2º ano do Ensino Médio, em todos os municípios do Estado.

A iniciativa visa atender à demanda excedente dos Centros de Estudos de Línguas (CELs) instalados em escolas da rede estadual de ensino. Ou seja, quando a capacidade de atendimento dos CELs for preenchida, os estudantes serão atendidos em escolas de idiomas particulares credenciadas. O custo mensal do Estado por aluno será de R$ 56,90. O investimento total para o projeto em 2010 é de R$ 296 milhões.

CELs

Atualmente, a Secretaria mantém 96 Centros de Estudos de Línguas no Estado, sendo 20 no município de São Paulo, 16 na Região Metropolitana e 60 em cidades do interior. São atendidos mais de 58 mil alunos nos CELs de todo o Estado em cursos de espanhol, italiano, francês, alemão, japonês e inglês (inserido na grade dos CELs neste ano).

Com exceção do curso de inglês, que tem duração de um ano (divido em dois semestres com 120 horas de aula), os demais cursos têm duração de três anos, divididos em seis semestres, totalizando um total de 480h/aula.

Da Secretaria da Educação

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *