Amigos do Verde permite que pessoas físicas e jurídicas ajudem no trabalho de conservação

Há 12 anos o núcleo Caraguatatuba, do Parque Estadual da Serra do Mar, conta com o serviço voluntário do Grupo de Auxílio Civil – GAC Albatroz no trabalho de emergências causadas por acidentes naturais, combate a incêndios florestais, além de resgate e prestação de socorro dentro do parque. Mais do que isso, o grupo, que hoje tem 60 voluntários entre bombeiros e cidadãos do município, é parceiro certo para todas as ações na unidade. “Ajudamos a implantar trilhas, a oferecer atividades de educação ambiental, em campanhas, em tudo o que o parque precisar. Estamos sempre à disposição”, conta o coordenador do grupo, capitão Braga. Em troca, o grupo recebe uma única coisa: a satisfação em poder ajudar no trabalho de conservação dessa imensa área protegida.

Agora os voluntários do GAC Albatroz e todos os cidadãos que queiram contribuir de alguma maneira com o trabalho de gestão e manejo das Unidades de Conservação (UCs) do Estado de São Paulo possuem identificação e certificado de reconhecimento pelo serviço: é o Amigos do Verde, programa de voluntariado dos parques estaduais paulistas. Lançado em março deste ano, o programa visa registrar e reconhecer os esforços daqueles que doam seu tempo e talento para garantir o trabalho de conservação das áreas protegidas do Estado.

O principal objetivo do Amigos do Verde é implantar oficialmente um modelo de gestão participativa nas unidades de conservação paulistas. “Queremos contar com a presença e o apoio da população nesse trabalho de preservação”, explica o diretor da Fundação Florestal, órgão responsável pela administração das UCs estaduais, José Amaral Wagner Neto. Os voluntários poderão escolher o parque em que desejam atuar, além de informar a disponibilidade de tempo para se dedicar à unidade de conservação escolhida. Entre as áreas de atuação estão a prestação de informação aos visitantes, a monitoria ambiental, o apoio na manutenção e implementação de trilhas e ações de educação ambiental.

O Amigos do Verde também vai permitir o reconhecimento do trabalho de pesquisadores que já atuam dentro dos parques, enriquecendo o conhecimento sobre a biodiversidade existente dentro deles. Pode ser um Amigo do Verde todos os brasileiros e estrangeiros com idade a partir de 14 anos. Os menores de 18 anos precisam ter autorização dos responsáveis. Pessoas jurídicas que atuam na área de conservação ambiental também poderão se tornar Amigos do Verde.

Os interessados em participar do programa podem se cadastrar no site www.fflorestal.sp.gov.br/amigosdoverde . A Fundação Florestal analisa os cadastros e firma um termo de adesão. Ao concluir a participação no programa, o Amigo do Verde recebe um certificado comprovando e reconhecendo sua ação voluntária.

Da Secretaria do Meio Ambiente

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *