Imunização passará a fazer parte do calendário do SUS e é gratuita.
Primeiras 600 mil doses estarão em todos os municípios do Estado.

A Secretaria estadual de Saúde de São Paulo irá prover, a partir da próxima semana, 600 mil doses de vacinas contra a meningite C, uma das formas mais graves da doença bacteriana. A imunização deve começar no dia 8 de setembro, com participação de todos os municípios paulistas.

Com distribuição gratuita para crianças com menos de 2 anos, a vacina fará parte do calendário do Sistema Único de Saúde (SUS) do Estado. No início, serão imunizadas pessoas entre 12 e 23 meses de vida. Para esta faixa etária, na qual ocorrem um quarto dos casos de contaminação pelo meningococo C, apenas uma dose é necessária.

Durante o mês de novembro, bebês com menos de 1 ano de idade receberão duas vezes a vacina, além de uma dose de reforço quando completarem o primeiro aniversário.

Para a secretaria, a vacinação a forma mais indicada de proteção contra a bactéria. A meningite consiste em uma inflamação da meninge, membrana que reveste o cérebro e pode ser transmitida de pessoa a pessoa, pelo ar.

“A vacina tem elevado índice de proteção, chegando a mais de 90%”, afirma Helena Sato, diretora do setor de Imunização do órgão. A imunização conjugada contra o meningococo C é, geralmente, bem tolerada pelo organismo, sem reações colaterais graves. Crianças com histórico de reação anafilática em dose anterior não deverão receber a imunização.

Do G1

Categorias: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *