Alimentos mal condicionados ou manipulados de forma inadequada podem transmitir doenças como gastroenterite e botulismo

Uma das principais tradições das festas de Natal e Reveillon é cear com a família e com os amigos. Entretanto, alimentos mal condicionados ou manipulados sem o cuidado necessário podem ser fontes de doenças. Por isso, a Secretaria da Saúde decidiu fazer um alerta à população para garantir que as confraternizações nesta época do ano não se transformem, literalmente, em uma dor de barriga.

O primeiro cuidado a ser tomado com o preparo de uma refeição é com relação à temperatura dos alimentos. Segundo a médica responsável pela Divisão de Doenças de Transmissão Hídrica e Alimentos da Secretaria, Maria Bernadete de Paula Eduardo, o ideal é deixá-los aquecidos a 70º ou dentro de geladeira. Nos alimentos deixados em temperatura ambiente pode haver o crescimento de bactérias ou de suas toxinas, que causam diarréias e vômitos. Por isso, a especialista recomenda que as refeições permaneçam, no máximo, duas horas fora de refrigeração. “Além disso, não é recomendável deixar as sobras de comida em cima do fogão ou dentro de um forno desligado, mas guardá-las o mais rapidamente possível na geladeira”, ressalta Maria Bernadete.

Também há necessidade de cuidado redobrado com refeições à base de ovo, uma fonte em potencial para a transmissão da Salmonella Enteritidis, bactéria responsável por 50% dos casos de gastroenterites. “Por isso, é importante que a população não consuma ovos mal cozidos ou crus e pratos realizados à base de claras e gemas cruas”, orienta a especialista.

Por fim, Maria Bernadete ainda adverte sobre os cuidados na hora de consumir tortas e salgados. Quando não assados corretamente, sem que a temperatura atinja o recheio, podem alojar a bactéria Clostridium botulinum, causadora do botulismo, doença perigosa que pode provocar paralisia flácida das pálpebras, falta de ar, fraqueza muscular de braços e pernas, além de dificuldade para falar ou engolir. Se não tratada a tempo, pode levar a morte.

Dicas para uma ceia sem perigo durante as festas de Natal e Ano Novo

- Lavar as mãos antes de comer e depois de usar o banheiro.
- Não misturar alimentos de origens diferentes, como carnes e verduras, em cima da pia.
- Não usar a mesma faca durante a preparação de diferentes alimentos.
- Lavar bem frutas e verduras com água potável/tratada e depois higienizá-las com hipoclorito de sódio ou água sanitária (siga as instruções do rótulo ou da bula do produto). Vinagre doméstico não mata os microrganismos. Ajuda apenas a despregar sujeiras.
- Cozinhar, assar ou fritar muito bem os alimentos a serem consumidos. Sempre aquecer as sobras antes de ingeri-las.
- Guardar os alimentos já preparados dentro da geladeira.
- Não consumir alimentos de procedência clandestina ou desconhecida.
- Lavar latinhas de refrigerantes ou outras bebidas com água e sabão.

Da Secretaria da Saúde

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *