Para evitar esse mal, basta ingerir bastante líquido, optar por roupas leves e permanecer à sombra nos dias mais quentes

Um levantamento da Secretaria da Saúde aponta que crianças e adolescentes com idade até 14 anos são as principais vítimas de desidratação no verão. Em 2010, o Estado registrou entre os meses de janeiro e março 3.871 casos de internações causadas pela falta de líquido. O número de casos em crianças nessa faixa etária chegou a 1.802, representando 46,5% do total.

A média mensal de internações nessa de crianças e adolescentes com menos de 14 anos é 44,2% maior nos meses de verão do que no restante do ano.

“É importante que os pais estejam sempre atentos para a ingestão de líquidos necessária. As crianças precisam ser incentivadas”, explica o pediatra Sérgio Sarrubo, do Hospital Infantil Darcy Vargas.

Os principais sintomas da desidratação são sede, náusea, boca seca, fraqueza, desconforto geral, cansaço, diminuição do pique e, em casos mais graves, câimbras musculares, calafrios e vômitos.

Para evitar esse mal, basta ingerir bastante líquido, optar por roupas leves e permanecer à sombra nos dias mais quentes. Também vale lembrar que caso seja percebido algum sintoma de desidratação, o soro caseiro pode ser uma alternativa.

Soro caseiro

Misture em um litro de água mineral, filtrada ou fervida, a uma colher de café de sal e uma colher de sopa de açúcar. Misture bem e dê à criança em pequenas colheradas.
O soro caseiro é usado para combater a desidratação em casos de intoxicação alimentar, insolação ou diarreia ou vômitos.

Da Secretaria da Saúde

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *