O emprego está em alta no País, segundo as pesquisas. A dificuldade está em preencher determinadas vagas oferecidas pelas empresas, em funções que exigem pessoal qualificado, principalmente técnicos especializados.

Para dar conta do crescimento sustentável do País é preciso formar novos profissionais e qualificar a mão de obra disponível. Esse é um desafio encarado como prioritário pelo governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin.

O governo vem acrescentando milhares de novas vagas para cursos técnicos de nível médio e superior e assim oferecer aos nossos jovens as condições necessárias para ocupar um lugar no concorrido mercado de trabalho.

Enquanto no Brasil, a média de matrículas no ensino técnico é de 7%, no Estado de São Paulo é de 12%. Ainda é pouco se compararmos com os países desenvolvidos, nos quais a média é de 30%, mas a situação evoluiu bastante no Estado, nos últimos anos.

Foram acrescentadas 100 mil novas matrículas nas escolas técnicas (Etecs) e o número de faculdades de tecnologia (Fatecs) praticamente duplicou, passando de 26, em 2006, para 49 unidades, em 2010. São cerca de 200 mil estudantes, nos níveis médio e técnico, atendidos pelas Etecs, para os setores industrial, agropecuário e de serviços, em 91 cursos técnicos. Nas Fatecs, estudam cerca de 46 mil alunos, distribuídos em 51 cursos de graduação tecnológica.

O chamado gargalo do emprego está na ausência de profissionais especializados de nível superior, como engenheiros, e de trabalhadores com formação específica, para os quais a demanda pode ser atendida com a promoção de cursos de pequena duração, sem exigência de alto nível de escolaridade.

Atualmente, entre os setores que mais se ressentem de mão de obra, está o da construção civil, devido ao volume acelerado de obras, serviços, turismo e petrolífero, sem esquecer que para esses dois últimos haverá uma demanda extra com a proximidade da Copa do Mundo e com as perspectivas da exploração das aéreas de prospecção do chamado Pré-Sal.

O Estado de São Paulo apresenta um bom nível de escolaridade no emprego formal. Dos cerca de 12 milhões de empregados com carteira assinada, a grande maioria possui boa escolaridade. São 5 milhões de assalariados com ensino médio completo e 2 milhões com ensino superior concluído, ou 58% do total.

Com a maior oferta de empregos, a dificuldade de colocação no mercado de trabalho é mais acentuada entre os jovens que são candidatos ao primeiro emprego e as pessoas na faixa etária acima de 30, com baixa escolaridade.

A Secretaria de Emprego e Relações do Trabalho tem programas específicos para esses dois públicos. Para os candidatos ao primeiro emprego o “Jovem Cidadão” oferece aos estudantes do ensino médio da rede estadual oportunidade de estágios remunerados em empresas públicas e privadas, para que eles possam adquirir experiência no mercado de trabalho.

Temos também o Programa Estadual de Qualificação Profissional (PEQ) que disponibiliza cursos profissionalizantes para a faixa etária entre 30 e 59 anos, que ainda não concluiu o ensino fundamental. Já participaram dos cursos oferecidos pelo PEQ cerca de 100 mil pessoas.

Os participantes recebem bolsa mensal de R$ 210, durante os cursos que tem duração de até três meses, auxílio transporte, lanche e material didático. Os cursos são contratados pela Secretaria em instituições especializadas do ensino como o Centro Paula Souza (que também administra as Etecs e Fatecs), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

Os moradores de Guarulhos interessados em saber sobre os cursos profissionalizantes oferecidos pela Secretaria devem se cadastrar no sistema Emprega São Paulo, pela internet, no site www.empregasaopaulo.sp.gov.br ou solicitar informações no Posto de Atendimento do Trabalhador, situado à Rua José Campanella, 95. Outra possibilidade é utilizar o telefone da Central de Atendimento, o 0800-770-7378.

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *