Programa da Secretaria de Estado da Cultura levará, até novembro, mais de 350 atividades a bibliotecas de todo o Estado

A partir de 1º de junho, 70 cidades do Estado recebem as atrações do programa Viagem Literária, que promove uma verdadeira turnê de escritores renomados e jovens talentos pelo Estado. Realizado pela Secretaria de Estado da Cultura desde 2008, o programa tem o objetivo de estimular o prazer da leitura e formar novos leitores, além de valorizar a biblioteca pública dos municípios, por meio do contato direto entre escritores e o público. Em junho, nomes como Ferreira Gullar, Milton Hatoum, Zuenir Ventura e Ignácio de Loyola Brandão participam do programa.

Em sua quarta edição, o Viagem Literária promove 350 atividades nas 70 cidades participantes, principalmente de pequeno e médio porte. De junho a novembro, cada biblioteca receberá uma atração mensal ligada à literatura, o que permite o contato regular dos moradores com escritores. A programação é inteiramente gratuita e aberta ao público de todas as idades.

“O Viagem Literária é um dos mais importantes programas de incentivo à leitura do Governo de São Paulo. As bibliotecas ficam cheias de pessoas interessadas em conhecer os autores, ouvir seus depoimentos e conversar eles”, diz o Secretário de Estado da Cultura, Andrea Matarazzo. Ele lembra que o programa integra uma série de iniciativas na área de literatura, como a construção de bibliotecas modernas, compra de acervo para as cidades do Estado, criação de salas de leituras em presídios, o Festival da Mantiqueira e o Prêmio São Paulo de Literatura.

O Viagem é dividido em cinco módulos mensais. O primeiro, em junho, chama-se Literatura para Todos. Nele, a idéia é que autores que se dedicam aos mais variados gêneros literários conversem com o público sobre a sua obra. Nos próximos módulos, haverá espaço para contação de histórias, literatura infanto-juvenil e o módulo “Leituras Escolhidas”, em que autores falam de suas obras prediletas. Segue a divisão por temas: Bate-papo com o Escritor: Literatura para Todos, em junho; Contação de Histórias, em agosto; Bate-papo com o Escritor: Literatura Infantojuvenil, em setembro; Bate-papo com o Escritor: Leituras Escolhidas, em outubro; e Oficina de Criação Literária, em novembro.

As cidades participantes em 2011 são: Águas de Lindóia, Aguaí, Alumínio, Américo Brasiliense, Anhumas, Apiaí, Arujá, Batatais, Bastos, Boituva, Buritama, Burizital, Caiabu, Campo Limpo Paulista, Cananéia, Cerqueira César, Cruz das Posses, Cubatão, Descalvado, Diadema, Dobrada, Eldorado, Fartura, Floreal, Gastão Vidigal, Getulina, Guapiaçu, Guaratinguetá, Ilha Comprida, Itanhaém, Itapeva, Jaboticabal, Jardinópolis, Leme, Lençóis Paulista, Macatuba, Mococa, Monte Mor, Monteiro Lobato, Neves Paulista, Pacaembu, Palmital, Pederneiras, Penápolis, Piedade, Pindorama, Pontal, Potirendaba, Pratânia, Presidente Venceslau, Promissão, Rancharia, Ribeirão Corrente, São Bento do Sapucaí, São Caetano do Sul, São João das Duas Pontes, São Pedro, São Roque, Sumaré, Suzano, Taciba, Taguaí, Tanabi, Tapiratiba, Três Fronteiras, Tupi Paulista, Valinhos, Vargem Grande do Sul, Vargem Grande Paulista e Várzea Paulista.

Histórico:

Lançado em 2008, o Viagem Literária levou consagrados escritores brasileiros a bibliotecas de 40 cidades paulistas. Ao longo de quatro meses – agosto a novembro –, as bibliotecas receberam atrações, com programações destinadas a um módulo diferente a cada mês. Em agosto o foco foi o público infantil, em setembro a programação dedicou-se ao bate-papo com escritores consagrados como Ruy Castro, Marçal Aquino, Marcelino Freire, Ignácio de Loyola Brandão entre outros. Em outubro, foi a vez dos cronistas falarem sobre a arte de fazer crônicas a partir dos mais variados temas e assuntos do cotidiano. Em novembro, o público foi convidado a participar de oficinas de criação literária, para produzir contos e poemas, aprimorando seu talento e a sua relação com o texto literário.

Em 2009, em sua segunda edição, o Viagem promoveu atividades partir de junho em cinco módulos. Entre os autores participantes estiveram Milton Hatoum, Ronaldo Bressane, Carola Saavedra, Beatriz Bracher, Adélia Prado e Menalton Braff. Já em 2010, o programa foi ampliado, levando às bibliotecas públicas de São Paulo autores renomados como Mario Prata, Lauro Cesar Muniz e Alice Ruiz.

Fonte: Secretária de Estado da Cultura

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *