Uma das propostas é orientar investidores e gestores, a partir de indicadores das 645 cidades do Estado

Com o apoio da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) criou o Atlas da Competitividade da Indústria Paulista. Trata-se de um site com acesso gratuito, concebido para identificar potencialidades regionais do estado a partir do cruzamento de indicadores dos municípios.

A proposta da ferramenta é contribuir com o planejamento e orientar investidores privados e gestores públicos a tomar decisões. Também pretende aprofundar o conhecimento sobre as regiões do ponto de vista da competitividade setorial e regional, assim como atrair empresas para estimular a economia e o desenvolvimento dos 645 municípios paulistas.

Os dados obtidos nas pesquisas no Atlas são exibidos em gráficos coloridos e podem ser exportados como arquivo de imagem ou planilha. Eventuais dúvidas sobre como fazer a consulta podem ser esclarecidas em um manual disponibilizado pelo site no formato PDF.

As possibilidades de consulta são infinitas. O site permite cruzar diversos indicadores dos municípios e regiões. A lista de filtros nas pesquisas inclui porcentuais de abastecimento de água, coleta de lixo, escolaridade da população e da mão de obra, poder aquisitivo, massa salarial, base industrial instalada, fornecedores, concorrentes, demografia, transportes, logística, território, arranjos produtivos locais, escolas, universidades e centros de formação tecnológica, unidades do Sesi, entre outras opções.

Uma das justificativas para a elaboração do Atlas da Competitividade da Indústria Paulista foi o fato de nenhum projeto ter usado os R$ 2,6 milhões destinados em 2010 pelo governo estadual para o Programa de Fomento ao Desenvolvimento Regional. A meta é que o site ajude a encaminhar essa questão.

Segundo Renato Fernandes, gerente da Fiesp, a ferramenta tem quatro partes principais: funcionalidades; visão panorâmica do Estado para fins de análise de políticas públicas; distribuição dos diversos setores e suas dimensões; dados específicos dos municípios – emprego, renda; e geração de novas vagas, entre outros temas.

Outra possibilidade do Atlas é acompanhar a evolução dos indicadores. Exemplos possíveis incluem emprego; arrecadação; número de estabelecimentos instalados; salários médios mensais; massa salarial anual, infraestrutura e logística; capital humano; tecnologia e investimentos.

Serviço
Consulte o Atlas da Competitividade da Indústria Paulista no site www.fiesp.com.br/atlas.

Fonte: SP Notícias

Compartilhe!
Tagged with:  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *